Preso 6º suspeito de envolvimento no caso de bebê arrancado da barriga da mãe

Preso 6º suspeito de envolvimento no caso de bebê arrancado da barriga da mãe

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (12) o 6° suspeito de estar envolvido no caso do bebê arrancado da barriga da mãe com uma faca, em Porto Velho. Trata-se Mario Barros do Nascimento, de 18 anos. Ele é filho de Cátia Barros Rabelo, mulher suspeita de tentar ficar com o bebê e fingir estar grávida de um garimpeiro.

Além de retirar a criança com uma faca, o grupo matou a gestante, Fabiana Pires Batista, e o outro filho dela que estava no local, Gustavo Henrique, de 7 anos.

Segundo a delegada Leisaloma Carvalho, Mário Barros nega ter participado dos homicídios junto com sua mãe e os outros cinco envolvidos.

"O Mário relata que apenas viu a criança na casa da mãe dele, e que teria saído só para pedir roupas. Ele afirmou que se negou a comunicar a polícia sobre a criança no imóvel da mãe dele, mas nega que tenha planejado o crime ou estado presente no local onde o bebê foi retirado do ventre da mãe", diz.

Outras cinco pessoas seguem detidas pelo duplo homicídio e o sequestro do bebê: a irmã de Fabiana, três adolescentes e Cátia Barros Rabelo.

Bebê internado

O bebê arrancado da barriga da mãe resistiu ao procedimento e, depois de ser resgatado pela polícia na casa de Cátia, o menino foi levado ao Hospital de Base de Porto Velho. A criança segue internada e aguarda alta médica.

Cátia queria o bebê

Cátia Barros, de 34 anos, foi presa por ser suspeita de participar do assassinato e pegar bebê de Fabiana — Foto: Jheniffer Núbia/G1

Segundo as investigações, o crime aconteceu no Loteamento Tropical, Zona Sul de Porto Velho. A suspeita de 13 anos, irmã da vítima, teria matado Fabiana e retirado a criança do útero usando uma faca. Na ocasião, a menina ainda teria empurrado o sobrinho, de 7 anos, dentro de um lago. Ele morreu afogado.

A mulher suspeita de tentar ficar com o bebê arrancado da barriga de Fabiana foi presa na tarde de 23 de outubro. Cátia Barros Rabelo, de 34 anos, foi ouvida por cerca de 5 horas na Delegacia de Homicídios da capital antes de ser detida preventivamente.

 

Fonte: G1 RO
Publicada em 12 de novembro de 2019 às 15:25

 

Leia Também

ACIDENTE FATAL: Mulher morre ao ser atropelada por ônibus da Eucatur em balsa do rio Madeira

Acidente foi na balsa que liga Rondônia ao Acre. PRF diz que duas vítimas foram atropeladas, mas uma sobreviveu.

Superintendência da PRF em Rondônia recebe palestras sobre suicídio policial

A ação está inserida no contexto do “Janeiro Branco” e tem o objetivo de abordar a importância do servidor ter cuidados relativos à saúde mental e emocional

Homem é executado enquanto dormia em cadeira de balanço

A vítima era morador de rua e teria sido atingida com um tiro na cabeça enquanto dormia, em Manaus (AM)

Carro roubado é recuperado pela PRF em Alto Paraíso

Na casa de um dos assaltantes envolvidos no roubo, os policiais ainda apreenderam três armas de fogo e mais de quatro mil reais

Envie seu Comentário