Rio Madeira ultrapassa os 16m e Defesa Civil intensifica monitoramento nas regiões de risco

Rio Madeira ultrapassa os 16m e Defesa Civil intensifica monitoramento nas regiões de risco

Na manhã desta segunda-feira (11), o nível do Rio Madeira chegou 16,43 metros e moradores do Bairro Baixa União, em Porto Velho, solicitaram ajuda para sair de uma residência.

A Defesa Civil intensificou as visitas às famílias que moram em locais de riscos. Com o estado de Alerta decretado pelo prefeito Hildon Chaves, na última quarta feira (6/2), a equipe passou a contar com o apoio das secretarias municipais e também com a Secretaria Estadual de Assistência Social, além da Defesa Civil do Estado e Corpo de Bombeiros.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Santos, essas visitas têm como principal objetivo a prevenção de danos às famílias residentes em locais passiveis de alagação. Ele explica que as equipes são multidisciplinares, composta por psicólogos, assistentes sociais, engenheiros, bombeiros civis e agentes de Defesa Civil

A orientação às famílias é que atendam aos pedidos da equipe para que a residência seja desocupada com antecedência, minimizando perdas e riscos à saúde, principalmente de crianças e idosos que são mais vulneráveis.

Locais Visitados

Equipes da Defesa Civil já estiveram nos Distritos de Nazaré, no Baixo Madeira; Jaci-Paraná, Vista Alegre, Fortaleza do Abunã, Nova Califórnia e Extrema, no Alto Madeira; nas localidades de São Miguel e Ramal Maravilha l e ll, no Médio Madeira.

Na região Urbana, estiveram nos Becos do Birro, Gravatal e da Rede, Vila Candelária, nos bairros Nacional, Panair e São Sebastião, totalizando mais de 800 famílias visitadas.

Lixo

Uma das preocupações da equipe é com o excesso de lixo encontrado próximo das residências, fato que gera riscos a saúde e atrai animais peçonhentos, além de ratos que transmitem doenças.

Plantão.

A prefeitura manterá uma equipe da Defesa Civil de plantão 24 horas, inclusive nos finais de semana e feriados. Em caso de necessidade, o telefone 199 estará disponível das 8h às 18h, e o número 98473-2112, 24 horas. O corpo de bombeiros também poderá ser acionado através do número 193.

Fonte: VIA RONDÔNIA com informações da Comdecom
Publicada em 11 de fevereiro de 2019 às 14:40

 

Leia Também

Chuva intensa em Ji-Paraná deixa ruas e avenidas alagadas

O Igarapé 2 de abril transbordou em vários pontos deixando algumas famílias desabrigadas.

Acidente envolvendo Moto na BR-364 acaba com três mulheres gravemente feridas

Elas foram socorridas por aquipes do Samu e encaminhadas às pressas para o hospital João Paulo II.

Ouvidoria Geral do Estado capacita profissionais para melhor atender ao cidadão

Segundo o ouvidor, que assumiu recentemente a Ouvidoria de Rondônia na gestão do governador coronel Marcos Rocha, o pedido feito ao Tribunal de Contas se deu pela experiência e idoneidade do órgão

Escola de Trânsito divulga calendário letivo de cursos para o primeiro semestre de 2019

Para este ano um novo projeto da Ceptran promete impulsionar ainda mais as relações do aluno com o aprendizado. De acordo com Telma Ferreira, da Escola de Trânsito do Detran, as inscrições para os cursos já podem ser feitas no site do Detran.

Envie seu Comentário