Prefeitura divulga índice de Infestação por aedes aegypti em Ji-Paraná

Prefeitura divulga índice de Infestação por aedes aegypti em Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Comitê Municipal de Combate ao mosquito da dengue, divulgou o resultado do Levantamento Rápido do Índice de Infestação por aedes aegypti (Lira) no município. Os dados coletados pelos agentes de endemias constaram que a infestação predial relativa ao mosquito que transmite a dengue está em 1,7%.

Esse número coloca Ji-Paraná fora do risco de epidemia de dengue, segundo o Ministério da Saúde, mas é preciso continuar combatendo o mosquito eliminando os criadouros.

O diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Thiago Butzske Freire, ressalta que 80% dos criadouros se formam dentro dos quintais. Os bairros da cidade com maior índice de infestação do mosquito foram Duque de Caxias, Cafezinho, Alto Alegre e Parque dos Pioneiros.

“O Prefeitura está trabalhando para a maior efetividade na prevenção e no combate e eliminação dos criadouros do mosquito. A população precisa colaborar também. Se cada família tirar um dia da semana para verificar os locais que acumulam água e eliminar esses criadouros do mosquito, a chance do índice aumentar é pequena. Temos que somar forças nesta luta contra o aedes aegypti”, disse o diretor.

Os casos de dengue têm diminuído em Ji-Paraná. Em 2018 foram registrados 182 notificações e 37 casos confirmados. Este ano foram 60 casos notificados e apenas nove positivos.

“Então vamos continuar atentos para não permitir que o índice aumente e a doença seja transmitida, principalmente agora no período chuvoso. Aquela tampinha ou a calha do telhado de casa pode ser um criadouro. Estamos reforçando as estratégias de trabalho dos agentes de endemias para que orientem a população a colaborar nesta missão contra a dengue”, finalizou o secretário municipal de saúde, Rafael Papa.

Fonte: Decom - Ji-Paraná
Publicada em 03 de dezembro de 2019 às 13:23

 

Leia Também

ELEIÇÕES: Pimentel diz que prefeito não pode se omitir quanto a saúde da capital

O novo prefeito terá obrigatoriamente que usar forte poder de articulação, não apenas com os demais níveis de governo

Samuel Costa aplicará 100% do Fundeb para pagamento dos profissionais de educação

O Senado aprovou a PEC 26/2020, proposta de emenda à Constituição que torna permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação

Empresário Fausto de Oliveira Moura que gravou prefeitos do interior já foi preso duas vezes por envolvimento em esquema de corrupção

O empresário vilhenense Fausto de Oliveira Moura foi o autor das denúncias que levaram a Justiça de Rondônia a decretar a busca e apreensão de quatro prefeitos, um deputado, e um ex-deputado estadual rondoniense, durante a Operação Reciclagem

Operação da Polícia Civil e MP cumpre mandados envolvendo vereadores de Urupá

Os mandados de busca domiciliares foram cumpridos em pontos diversos, sendo na residência de um vereador, no gabinete do presidente da Câmara

Envie seu Comentário