Preços do gás de cozinha e da gasolina sobem a partir de hoje

Preços do gás de cozinha e da gasolina sobem a partir de hoje

A partir deste sábado (9), entra em vigor nas distribuidoras o reajuste nos preços do GLP (gás liquefeito de petróleo), o gás de cozinha, e da gasolina.

A Petrobras manteve por 95 dias os preços estáveis para o gás de cozinha. Em nota, informou que "evitou o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais", e que "realizará ajuste no preço do GLP para as distribuidoras”.

Para a gasolina, o período de estabilidade foi de 58 dias. Na nota, a empresa esclarece que “esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”. Tais ajustes refletem parte da elevação nos patamares internacionais de preços de petróleo, impactados pela oferta limitada diante do crescimento da demanda mundial, e da taxa de câmbio, dado o fortalecimento do dólar em âmbito global.

Dessa forma, a partir deste sábado, o preço médio de venda do gás de cozinha passa de R$ 3,60 para R$ 3,86 por kg, equivalente a R$ 50,15 por botijão de 13 kg, refletindo reajuste médio de R$ 0,26 por kg. Para a gasolina, o preço médio de venda às distribuidoras passa de R$ 2,78 para R$ 2,98 por litro, com reajuste médio de R$ 0,20 por litro.

Fonte: R7
Publicada em 09 de outubro de 2021 às 16:46

 

Leia Também

Decreto orienta retorno total de estudantes às aulas presenciais em Rondônia

Protocolos sanitários devem ser mantidos

Unidades de saúde do município voltam a vacinar contra a covid-19 na sexta-feira

Contingente dos que receberam uma ou nenhuma dose de imunizante preocupa para as festas de fim de ano

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Até agora, o dinheiro apenas podia ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

MP expede recomendação ao Governo do Estado para que não sancione e vete Projeto de Lei que altera o Zoneamento 

A recomendação considera contrariedades e inconsistências verificadas no Projeto de Lei Complementar, submetido ao Poder Executivo Estadual em 07 de outubro.

Envie seu Comentário