Lançado alerta de tsunami após sismo de magnitude 6.8 na Indonésia

Lançado alerta de tsunami após sismo de magnitude 6.8 na Indonésia

Um alerta de tsunami foi emitido após ter sido sentido um sismo de magnitude 6.8, na escala de Richter ao largo da ilha de Sumatra, na Indonésia, no estreito com a ilha indonésia de Java.

Segundo o Independente, que cita a agência geofísica da Indonésia, o alerta foi emitido logo após o abalo ter sido sentido de forma a proteger as populações. Os moradores da costa de Banten, em Java, foram aconselhados a sair das zonas mais baixas da ilha, pois o Serviço de Meteorologia, Climatologia e Geofísica indonésio (BMKG) advertiu que um possível tsunami poderia produzir ondas de até três metros de altura em várias áreas das ilhas de Java, Sumatra e Panaitan.

O abalo foi sentido a 59 quilómetros de profundidade, a cerca de 227 quilómetros da cidade de Teluk Betung, na ilha de Sumatra e o epicentro foi localizado a cerca de 90 quilómetros a sudoeste da província de Banten, em Java, e a 42 quilómetros de profundidade.

Os edifícios em Jacarta balançaram por quase um minuto durante o terremoto e as imagens da televisão mostraram trabalhadores e moradores a sair dos edifícios. As reportagens de rádio e da televisão disseram que as pessoas sentiram um forte terremoto na província de Banten e na província de Lampung, na parte sul da ilha de Sumatra. O tremor causou pânico entre os moradores de várias cidades e aldeias.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), incialmente tinha avançado que o sismo teria sido de magnitude 7 na escala de Richter, mas corrigiu mais tarde para 6.8. O Serviço de Meteorologia, Climatologia e Geofísica (BMKG) indonésio, por sua vez, registou a magnitude do terremoto em 7,4.

Não há, para já, registo de vítimas ou danos.

A Indonésia fica no chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica com 127 vulcões ativos em que cerca de 7.000 terremotos são registados anualmente, na sua maioria de magnitude moderada.

Fonte: noticiasaominuto
Publicada em 02 de agosto de 2019 às 13:38

 

Leia Também

Desmatamento da Amazônia subiu 29,5% entre 1º de agosto do ano passado e 31 de julho deste ano

Percentualmente, é também o maior salto de um ano para o outro dos últimos 22 anos.

Unidade de Saúde Albert Sabin realizou mais de 90 procedimentos em programação alusiva ao “Novembro Azul”

O evento foi organizado pela equipe da unidade em parceria com agentes de saúde e profissionais da Semusa

Falta de chuva prejudica plantio de soja em Rondônia

O serviço atrasou cerca de 10 dias e a primeira área plantada foi em Rio Crespo, ainda em setembro. Rondônia é o terceiro maior produtor de soja da Região Norte.

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

A visita teve como objetivo proporcionar contato com a arte: peças de metal despertaram a curiosidade dos pequenos

Envie seu Comentário