Escola Municipal Mãe Margarida terá três novas salas de aula

Escola Municipal Mãe Margarida terá três novas salas de aula

A Secretaria Municipal de Educação de Porto Velho (Semed) comemora mais uma ampliação em sua rede de ensino. Desta vez, a escola municipal de ensino infantil Mãe Margarida, no bairro Jardim Santana, setor Leste da cidade, ganhará, em breve, três novas salas de aula. A obra está em andamento e deverá ser entregue até o próximo mês de abril.

Os recursos, num total de R$ 145 mil, são provenientes de emenda parlamentar destinada pelo deputado estadual Anderson Pereira, que considera um projeto de grande relevância para a rede municipal, que passará a ter condições de atender boa parte da demanda existente na região.

O secretário da Semed, César Licório, agradece o apoio que a rede de ensino vem recebendo de deputados estaduais e federais e destaca que esses investimentos estão sendo primordiais para que as escolas municipais sejam ampliadas e atendam a atual demanda, gerando inclusive economia ao Município, já que algumas extensões chegam a gerar despesa média de R$ 10 mil mensais, em aluguel, sem contar gastos com energia e demais serviços.

A diretora da escola, Rosana D’Artiballe, comemora o avanço das obras, que estão dentro do prazo contratado. “Em menos de dois meses deveremos estar com as salas prontas e vamos poder atender cerca de 150 novos alunos”, relatou. O prefeito Hildon Chaves vistoriou as obras, após a aula inaugural da rede municipal, esta semana.

Fonte: Comdecom
Publicada em 11 de fevereiro de 2019 às 15:17

 

Leia Também

Justiça começa julgamento do recurso dos ex-deputados da Operação Dominó

Investigações apontam desvio de mais de R$ 11 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira o maior prêmio deste ano

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, renderia mais de R$ 334 mil mensais.

Morte de ji-paranaenses em trágico acidente no Mato Grosso gera dor e comoção

As vítimas estavam retornando de viagem a Ji-Paraná em um automóvel Fiat Palio.

Alunos voltam a ficar sem aulas porque ônibus enviados a União Bandeirantes são impedidos de circular

Situação está causando nova revolta na população, que espera uma solução imediata, com ameaça de voltar a fechar a BR

Envie seu Comentário