Jhonny Paixão pede extensão do projeto "Prato Fácil" a municípios

Jhonny Paixão pede extensão do projeto

O deputado Jhony Paixão enviou ofício à Secretaria de Estado da Ação Social e ao Governo de Rondônia para solicitar a extensão do Projeto ´Prato Fácil´ a outros doze municípios do Estado. O projeto-piloto foi lançado no final do ano passado e, por enquanto, só beneficia a capital Porto Velho, com refeições a pessoas de baixa renda, ao preço módico de R$ 2. 

Segundo o deputado, a propositura tem o objetivo de garantir o acesso mais barato de uma comida de qualidade a famílias em vulnerabilidade social, além da economia de gastos com alimentação, numa época que o Estado ainda luta contra a pandemia do Coronavírus.  

A solicitação feita pelo deputado republicano abrange os municípios de Candeias do Jamari, Ji-Paraná, Pimenta Bueno, Alta Floresta, Ouro Preto D´Oeste, Presidente Médici, Mirante da Serra, Santa Luzia, Primavera, Mirante da Serra, Vale do Anari, Cacoal e Vilhena.   

Na solicitação, o parlamentar cita que o público-alvo desses municípios, ou boa parte dessas famílias já estão cadastradas no CadÚnico, e na base de dados do Sistema Prato Fácil, devendo-se observar os requisitos previstos na Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado. 

“Essa lei é de 2009 e estabelece várias diretrizes, com base na legislação federal, para garantir e assegurar o direito humano à alimentação adequada a todos os cidadãos. Atualmente só Porto Velho é beneficiada e a intenção da solicitar é a extensão desse benefício a outras famílias”, completou o deputado. 

O PROJETO

O projeto "Rede de Credenciamento Prato Fácil" oferece alimentação saudável no valor de R$ 2 e já está em funcionamento, desde que houve credenciamento de restaurantes privados da capital, para o fornecimento de refeições prontas.

A rede funciona de segunda à sexta-feira, das 11h às 15h. Cerca de 1,5 mil refeições serão ofertadas diariamente, durante 22 dias úteis. No total, 33 mil refeições devem ser feitas por mês, segundo dados da Seas, quando o projeto foi lançado. 

Restaurante Popular

O Restaurante Popular Prato Cheio, localizado na zona leste de Porto Velho, fornecia diariamente cerca de 1,5 mil refeições por dia. Mas, atualmente, encontra-se fechado para reforma desde 2016. Atualmente, o restaurante fica na região central da cidade (próximo à 7 de Setembro). 

O Projeto Rede de Restaurantes Prato Fácil funciona de modo similar ao Restaurante Popular, e possibilita que empresas do ramo alimentício possam atender vários pontos da cidade. O Estado subsidia mais de 80% do valor da refeição através do Fecoep  - Fundo de Erradicação da Pobreza, e o cidadão só paga R$ 2 de constraprestação do serviço.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 04 de agosto de 2021 às 09:56

 

Leia Também

Veja como está a corrida sucessória para pré-candidatos a deputado estadual em Porto Velho

A maioria dos nomes é de políticos que já exercem ou exerceram mandato eletivo, ou exercem

Mosquini lidera intenções de voto para deputado federal em Rondônia

O ex-diretor-geral do DER-RO aparece com 3,65% das intenções, contra 3,30% do também deputado federal Coronel Chrisóstomo (PSL),

Deputado Léo Moraes é o preferido em Porto velho para a disputa ao Senado

Briga pelo Senado será menos acirrada, já que os tubarões da política estão voltados para a disputa ao Governo do Estado

Pimenta Bueno recebe R$ 300 mil para compra de tubos corrugados

Recurso foi empenhado e é fruto de indicação do presidente da Assembleia Legislativa Alex Redano

Envie seu Comentário