Mauro Nazif cobra reabertura do restaurante popular estadual depois de fechar o restaurante popular municipal

Mauro Nazif cobra reabertura do restaurante popular estadual depois de fechar o restaurante popular municipal

O deputado federal Mauro Nazif, criticou esta semana, durante seu pronunciamento na Câmara Federal, o fechamento do restaurante popular estadual, na zona Leste de Porto Velho, que até hoje continua em obras e sem data precisa de retorno. 

Segundo o deputado ele já oficiou ao Governo do Estado e das secretarias pedindo o retorno do restaurante, que atendia a aproximadamente 1.500 pessoas diariamente, através de um preço acessível o valor das refeições, e ressaltou que “a situação é preocupante´. 

Nazif utilizou, claro de seu oportunismo político e parece ter esquecido que ele mesmo fechou, no início da sua gestão como prefeito de Porto Velho, em 2013, o restaurante popular do Município, na região do Cai Nágua, sob a desculpa de irregularidades no pagamento de refeições. 

Naquela mesma época, Nazif disse que iria fazer uma nova licitação, enquanto mandava apurar as supostas irregularidades, para reativar o restaurante. Nazif saiu do cargo, perdeu a reeleição e hoje o restaurante popular do Cai Nágua virou anexo de uma cracolândia do Terminal da Euclides da Cunha.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 07 de novembro de 2019 às 17:23

 

Leia Também

13 municípios e quase mil famílias da agricultura familiar serão atendidos com indicação parlamentar do deputado Jair Montes

Parlamentar defende a necessidade de manter a agricultura familiar fortalecida

Presidente Alex Redano celebra a liberação de R$ 1 milhão para recuperação de estradas em Vale do Anari

Previsão é de que cerca de 100 quilômetros de vicinais no município sejam recuperados, com recursos destinados pelo Governo

Na Câmara Municipal, prefeito destaca harmonia entre os poderes e chama pessoas com menos de 30 anos para vacinar

Imunização dos jovens e a ameaça da variante Delta foram citados na sessão

Jhonny Paixão pede extensão do projeto

Na solicitação, o parlamentar cita que o público-alvo desses municípios, ou boa parte dessas famílias já estão cadastradas no CadÚnico, e na base de dados do Sistema Prato Fácil

Envie seu Comentário