Eventos realizados em Rondônia deverão conter banheiros químicos adaptados

Eventos realizados em Rondônia deverão conter banheiros químicos adaptados

O Projeto de Lei Ordinária (PLO) 1007/18, de autoria da deputada Rosangela Donadon (PDT) que dispõe sobre a colocação de banheiros químicos adaptados às necessidades de portadores de necessidades especiais nos eventos realizados em Rondônia, foi aprovado pelos demais pares na última sessão ordinária realizada na ALE-RO.

Segundo a parlamentar, o ser humano, independente de sexo, religião, posição social e física, deve, antes de tudo, “ter respeitada a sua dignidade, o que implica em jamais deixar de se tratar de forma desigual os desiguais”, esclareceu Rosangela.

Para ela, as pessoas com deficiência física enfrentam dificuldades de locomoção e de acesso a locais comuns, agravadas em locais de grande concentração populacional, onde a competição pelos serviços se intensifica, aumentando ainda mais as desigualdades.

Entre eles estão os eventos artísticos culturais, ressaltou Rosangela Donadon, especialmente aqueles realizados em locais sem a devida infraestrutura, especialmente as pessoas com deficiência, trazendo dificuldades e constrangimentos.

Por isso Rosangela justificou que é necessário “buscar condições para as dificuldades sejam reduzidas a este público específico, observando a inclusão social dos mesmos”, pediu a deputada.

O projeto de lei pede a garantia de instalação de banheiros químicos adaptados às necessidades das pessoas com deficiência física e com dificuldade de locomoção, para uso exclusivo e em quantidade adequada ao tamanho do evento. O descumprimento da Lei acarreta multa de R$ 2 mil por banheiro não instalado. O projeto seguiu para sanção do governador.

Fonte: Assessoria
Publicada em 05 de outubro de 2018 às 08:11

 

Leia Também

Em Brasília, Edwilson Negreiros luta por recursos para Porto Velho

Na tarde de quarta-feira, 13, Edwilson foi recebido em audiência pelo senador Marcos Rogério

Pressionado no Congresso, governo avalia lotear cargos no 2º escalão

Governistas vão tentar evitar que distribuição soe como fisiológica

Pela segunda vez, Gilmar Mendes manda soltar prefeito de Mauá (SP)

Alvo da Operação Trato Feito, deflagrada em maio, o político é acusado de ser beneficiário de um mensalão de R$ 500 mil, supostamente pago por um grupo de nove empresas fornecedoras da administração municipal

Bolsonaro define idades mínimas de 62 e 65 anos na Previdência

Decisão foi tomada após reunião com a equipe econômica, na tarde desta quinta-feira (14)

Envie seu Comentário