Trabalhadores do transporte coletivo encerram greve

Trabalhadores do transporte coletivo encerram greve

Motoristas e cobradores do transporte coletivo de Porto Velho voltaram ao trabalho na manhã desta terça-feira (30), segundo informou a Secretaria Municipal de Transporte, Mobilidade e Transportes (Semtran). Eles decretaram greve na segunda-feira, mas aceitaram a proposta apresentada pelo Consórcio SIM e Prefeitura.

Para que os trabalhadores retornassem, foi fechado um acordo entre o Consórcio SIM e Prefeitura. Os salários atrasados serão pagos com recursos de uma ação impetrada pela empresa contra o Município. “Falta a ação ser homologada, e assim que isso acontecer, com os juros e correção, o valor aumenta e é com os juros que será pago o que está atrasado dos trabalhadores. Essa homologação também irá garantir o pagamento do salário até o mês de setembro, que é quando a nova empresa começa a operar na cidade”, explicou o presidente do Sintetuperon, Francinei Oliveira.

Nesta segunda-feira (29), através de um decreto, a Prefeitura autorizou o empenho para o pagamento do salário de abril, dentro do processo com o recurso inicial, na ação ganha contra o município. Segundo o sindicato, o prazo para que o dinheiro seja depositado na conta do trabalhador é de 14 dias.

Fonte: rondoniagora.com
Publicada em 30 de junho de 2020 às 13:06

 

Leia Também

Rondônia: 25.067 casos de Coronavírus com 585 mortes; curados somam 14.391

Para informações sobre internados por unidades de saúde e municípios, assim como os demais detalhes, acesse o Painel Interativo da Covid-19 em Rondônia, através do endereço: covid19.sesau.ro.gov.br.

Justiça suspende licitação do transporte coletivo em Porto Velho

O Município informou que vai recorrer da decisão.

Governo anuncia reclassificação de 20 municípios nas fases no plano de ação em RO

Confira o que pode ou não abrir nas quatro fases de distanciamento social.

CPI da Energisa retorna através de videoconferência e relatório final caminha para exclusão da empresa

A apuração dos abusos contra os consumidores foi paralisada em razão do novo Coronavírus

Envie seu Comentário