Suspeita de coronavírus em Minas Gerais é confirmado por Ministro da Saúde

Suspeita de coronavírus em Minas Gerais é confirmado por Ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmou a existência de um  caso suspeito do novo coronavírus (2019-nCoV) no Brasil.

Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (28), Mandetta disse que a paciente esteve recentemente em Wuhan, cidade chinesa onde a epidemia teve início, e é mantida em isolamento em um hospital de Minas Gerais.

“O estado geral da paciente é bom, não há nenhuma complicação”, afirmou o ministro, acrescentando que trata-se de um caso “importado”. “Não há evidência do vírus circulando”, declarou.

Segundo Mandetta, 14 contatos próximos da paciente estão sendo monitorados, e o tratamento da mulher segue o protocolo para Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), doença que matou quase 800 pessoas no início do milênio e que é causada por um coronavírus similar ao 2019-nCoV.

caso suspeito já havia sido anunciado pelo governo de Minas Gerais, que na semana passada falara em outro possível contágio, depois negado pelo Ministério da Saúde .

Mandetta também explicou que o Brasil passou a tratar como suspeitos os casos de pacientes que apresentam sintomas do coronavírus e que tenham estado recentemente na China, e não apenas em Wuhan, como era anteriormente.

coronavírus causa febre, tosse e dificuldades respiratórias. Até o momento, a epidemia já matou 106 pessoas e contaminou 4,5 mil.

Fonte: Painel Político
Publicada em 28 de janeiro de 2020 às 13:20

 

Leia Também

Cid Gomes é baleado em protesto de PMs em Sobral

Ex-governador do Ceará foi levado ao Hospital do Coração da cidade do interior do Ceará. Assessoria diz que disparo foi com arma de fogo.

OAB Rondônia: 46 anos inspirando confiança na democracia - por Elton Assis

Neste 2020 a OAB Rondônia encerra 46 anos de existência.

Sindicatos do Fisco Estadual marcam Assembleia Conjunta em caráter de urgência

A assembleia será realizada no dia 21 de fevereiro (sexta-feira), ás 09h, na sede do Sindafisco em Porto Velho, R. José Bonifácio, 814 – Olaria.

Ministério Público de Rondônia suspende expediente no carnaval e retorna atividades na Quarta-feira de Cinzas

Na Quarta-Feira de Cinzas, 26 de fevereiro, o expediente na Instituição será das 14 às 18 horas.

Envie seu Comentário