Pelo menos dois mortos e 21 feridos em ataque à faca em hospital na China

Pelo menos dois mortos e 21 feridos em ataque à faca em hospital na China

Duas pessoas morreram e outras 21 ficaram feridas em um ataque ocorrido nesta terça-feira no Hospital Popular da Vila de Zhenxiong, localizado na província de Yunnan, sudoeste da China, conforme relatado pela agência de notícias Xinhua.

Inicialmente, as autoridades divulgaram 10 vítimas fatais e 23 feridos como resultado do ataque.

O incidente ocorreu por volta das 11h37 (00h37 no horário de Brasília), quando um homem invadiu a unidade hospitalar e atacou pessoas com uma faca, conforme informado pelo escritório de segurança pública do condado, conforme citado pela Xinhua.

Os feridos estão recebendo tratamento no hospital, enquanto as autoridades investigam o caso. O autor do ataque, cujas motivações ainda são desconhecidas, foi detido, conforme relatado pelo canal de televisão de Guizhou.

Uma testemunha entrevistada pelo jornal Red Star News relatou ter escapado por pouco do ataque e mencionou que um ou mais médicos estavam entre os feridos.

É importante lembrar que a China tem enfrentado diversos incidentes semelhantes, geralmente envolvendo pessoas com problemas psicológicos ou ressentimentos em relação aos vizinhos ou à sociedade em geral.

A legislação chinesa proíbe estritamente a venda e posse de armas de fogo, sendo os ataques geralmente realizados com facas, explosivos caseiros ou por atropelamento.

Em julho do ano passado, um indivíduo armado com uma faca matou seis pessoas e feriu outra em um jardim de infância na província de Guangdong, no sudeste da China.

Fonte: Notícias ao Minuto
Publicada em 07 de May de 2024 às 09:33

 

Leia Também

PF deflagra a Operação Hermes para apurar o crime de tráfico interestadual de drogas em RO

Foram cumpridos nove mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão em Porto Velho

Operação “Status praesens” reforça segurança em unidade prisional de Ariquemes

A operação iniciou às 6h da manhã, com revistas em todos os pavilhões da unidade

Policial do PR é acusada de alugar informações sigilosas por R$ 20 mil

O MP-PR (Ministério Público do Paraná) informou nesta quarta-feira (19) que a 1ª Vara Criminal de Curitiba aceitou a denúncia, tornando a policial ré

Vítima de violência doméstica finge pedir pizza para denunciar agressor

Ela já possuía uma medida protetiva contra o agressor, que foi preso em flagrante por violência doméstica e descumprimento da medida

Envie seu Comentário