Morre na Alemanha ex-guarda nazista extraditado dos EUA

Morre na Alemanha ex-guarda nazista extraditado dos EUA

O ex-guarda de campo de concentração Jakiv Palij, que estava morando em Nova York há vários anos, morreu na Alemanha depois de ter sido deportado no ano passado. Segundo noticiou nesta quinta-feira (10) o jornal "Frankfurter Allgemeine Zeitung", Palij faleceu na quarta-feira.

Aos 95 anos, Palij - último criminoso de guerra nazista investigado nos EUA - exerceu as atividades durante a segunda Guerra Mundial.

Donald Trump ordenou, em agosto do ano passado, a deportação dele, mês em que ele foi retirado da sua residência, em Queens, e colocado em um avião rumo à sua terra natal.

O embaixador norte-americano Richard Grenell, que insistiu para que a Alemanha recebesse Jakiw, reagiu à morte, referindo que "seria perturbante que ele morresse nos EUA,  considerado um destino  confortável".

Fonte: Noticia ao Minuto
Publicada em 11 de janeiro de 2019 às 10:13

 

Leia Também

Confaz atualiza preços de referência de combustíveis em Rondônia

Além da gasolina, a tabela do Confaz traz os preços de referência do diesel, gás liquefeito de petróleo

Hackers invadem site do Governo de RO e inserem mensagem sobre corrupção

Na página principal dos sites uma montagem de fotos de políticos e uma mensagem falando sobre corrupção ganhava destaque

Saque do abono salarial do PIS 2018/2019 vai até sexta-feira

De acordo com a Caixa, os benefícios, que totalizam R$ 16,9 bilhões, foram liberados de forma escalonada para 22,5 milhões de beneficiários

Táxi Compartilhado é legalmente reconhecido em Porto Velho

Agora falta apenas a regulamentação do serviço.

Envie seu Comentário