Morre estudante que matou 2 e feriu 3 em escola da Califórnia

Morre estudante que matou 2 e feriu 3 em escola da Califórnia

O suspeito de atirar dentro da Saugus High School, em Santa Clarita, na Califórnia, na manhã de quinta-feira (14/11/2019), morreu no meio da tarde desta sexta-feira (15/11/2019), informou a polícia do Condado de Los Angeles. O jovem, identificado como Nathaniel Tennosuke Berhow, atingiu cinco pessoas e depois atirou em si mesmo, no dia do próprio aniversário de 16 anos.

No dia do ataque morreram uma menina de 16 anos e um rapaz de 14. De acordo com as autoridades, o atirador – que também estudava na escola – havia disparado na própria cabeça e estava internado em estado grave desde então.

Os feridos foram levados ao hospital Henry Mayo, em Valência. Durante e após o ataque, pessoas também se machucaram enquanto tentavam escapar.

Duas garotas relataram à CNN que escutaram cinco tiros, o primeiro seguido por outros quatro rápidos disparos. Alunos que estavam dentro da escola se esconderam dentro de armários e mandaram mensagens aos amigos que conseguiram fugir.

Outras três estudantes informaram que estavam na biblioteca quando viram uma onda de alunos correndo e saindo do local. “Demorou um minuto para entender que precisávamos correr”, disse uma delas.

Ataques
Foi pelo menos o sétimo ataque a escolas americanas neste ano. Mais de 230.000 crianças foram expostas a violência armada desde o tiroteio de 1999 em Columbine High, Colorado.

 

Fonte: Metrópoles
Publicada em 16 de novembro de 2019 às 12:11

 

Leia Também

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

PRF recupera moto roubada em Itapuã do Oeste

O veículo, que era conduzido por um inabilitado, ainda ostentava uma placa adulterada, com o objetivo de ludibriar a fiscalização policial

PF desmonta quadrilha que movimentou R$ 230 milhões em ouro

De acordo com as investigações, o grupo é formado por venezuelanos e brasileiros que inclusive enviaram o minério extraído de forma ilegal ao exterior

Envie seu Comentário