Empreendedorismo no Brasil: para onde está indo?

Empreendedorismo no Brasil: para onde está indo?

Os brasileiros desejam começar a sua empresa e empreender. Contudo, no Brasil, a prática do empreendedorismo ainda seja vista com certa desconfiança e até medo.

Não vamos negar. Não existe uma cultura empreendedora no Brasil. As faculdades – mesmo as melhores – abordam pouco o tema.

A não ser que você tenha exemplos na família, é possível que tenha passado a vida sem sequer compreender exatamente o que é se tornar um empreendedor ou algum contato com esse mundo.

Sendo assim, o número de empresas que crescem anos seguidos no Brasil é baixo. Algumas estatísticas apontam para um percentual abaixo dos 10%. Isso significa duas coisas; que não é fácil empreender no Brasil, mas que se você for persistente, o sucesso será ainda maior.

Até para usar um simples código de barras EAN ou GTIN já é bastante complicado. Imagina então uma loja virtual?

A legislação ainda é confusa, a burocracia sufocante e os números jogam contra os empreendedores. Então, como conseguir? Como encontrar coragem para entrar nesse mundo? Por que você pode fazê-lo.

Mesmo que o número de empresas em crescimento avançado seja baixo, isso não significa que ele seja impossível. Outra questão é, vencer no mundo empreendedor não depende apenas da situação do mercado ou da cultura do país, depende da motivação do empreendedor.

Existem exemplos e mais exemplos de empreendedores que entraram em cena quando tudo jogava contra eles e mesmo assim chegaram ao sucesso. Uma outra motivação deve vir justamente do desafio.

Àqueles que pavimentarem o caminho para as futuras gerações serão os que comandarão o futuro. Esconder-se atrás das leis, burocracias e dos números não fará de ninguém um empreendedor de sucesso.

Analisar o campo, colher os recursos e enfrentar os desafios são as atitudes que determinarão os seus próximos 30 anos de vida. E essa é a verdade dita da forma mais clara que nós podemos, sem maquiagens e sem rodeios.

Agora vamos terminar falando sobre os tipos de empreendedores: quem sou eu nesse cenário?

O desejo de todo o empreendedor é realmente saber como ganhar dinheiro com tantos problemas, mas queremos terminar a nossa conversa com uma análise franca sobre a nossa participação na cultura empreendedora brasileira.

Pois é muito fácil apontar o dedo e dizer “O Brasil não é empreendedor” – como fizemos acima – mas agora está na hora de colocar em prática uma outra lição apresentada nesse artigo: qual é a nossa participação nesse cenário?

Existem diferentes empreendedores para diferentes situações. Alguns se tornaram por pura pressão das obrigações (pagar contas, manter a cabeça fora d’água, etc). Outros, por prazer e empenho. Já alguns herdaram as empresas dos pais e decidiram tocar o projeto.

Analisar a sua posição de empreendedor com sinceridade é fundamental para o seu projeto. Não adianta pensar em transformar o mundo sem antes conhecer a si mesmo.

Depois, comece a analisar quais são as ferramentas que estão disponíveis para a sua empresa, qual é a transformação que você propõe para a nossa sociedade.

Mudar os números negativos das empresas brasileiras está em nossas mãos. Cabe a nós criarmos essa cultura empreendedora.

Cabe a nós insistirmos e persistirmos até que a empresa dê resultados. E cabe a nós plantarmos as sementes para um futuro mais amigável aos empreendedores que virão.

Terminamos esse artigo com algumas perguntas, onde estará o Brasil empreendedor nos próximos 6 meses, 2 anos e nos próximos 5 anos? E qual será a sua participação nesse cenário?

Empreendedores são a força motora de uma sociedade. São eles que buscam os desenvolvimentos tecnológicos. São eles que encontram e solucionam os principais problemas sociais.

Estão nos ombros dos empreendedores o peso do futuro, se você decidiu se tornar um deles, então decidiu aceitar esses desafios.

Esperamos que esse artigo tenha trazido bons insights e que a partir de agora você possa abordar o tema do empreendedorismo com lucidez e tranquilidade. Evidente que o assunto não se encerra em apenas uma conversa, mas agora a bola está com você.

Comente, compartilhe e converse conosco sobre o empreendedorismo no Brasil. Vamos trocar experiências e visões de mundo. Está com dúvidas ou gostaria de mais informações? Estamos disponíveis para conversar com você e ajudar nesse desafio do empreendedorismo.

Fonte: Assessoria
Publicada em 12 de dezembro de 2018 às 15:43

 

Leia Também

Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

Governador Marcos Rocha destacou a importância do Centro Norte para a segurança Pública

Pagamento dos servidores públicos do estado de Rondônia será no dia 20

O aquecimento com o pagamento da folha é de aproximadamente R$ 277 milhões

Sepog divulga PIB dos municípios rondoniense em 2017

Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena, Ariquemes, Cacoal, Jaru, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste aparecem como as principais economias dentre os municípios

´´Brasil está no caminho de um futuro tóxico´´diz relator da ONU

Depois de tentar por cinco anos visitar o Brasil, enviado apontou problemas de transparência, legislação e punição para crimes ambientais

Envie seu Comentário