Eleição anulada em França por falta de paridade. Há mulheres a mais

Eleição anulada em França por falta de paridade. Há mulheres a mais

O município de Sarcelles, a noroeste de Paris, em França, elegeu demasiadas mulheres. Pelo menos, assim entendeu o Tribunal Administrativo de Cergy-Pontoise, que anulou as eleições locais por não respeitar a lei da paridade, escreve o Le Fígaro.

As eleições de dezembro do ano passado elegeram para aquele município de Val-d'Oise o autarca Patrick Haddad (Partido Socialista) e este nomeou 14 adjuntos: oito mulheres e seis homens, todos do mesmo partido.

A denúncia foi feita pela oposição, que sublinhou o incumprimento das regras previstas pela lei. Em cada comuna com mil ou mais habitantes o princípio da paridade impõe que "a obrigação de apresentar uma lista onde cada sexo é representado em paridade, com uma diferença de, no máximo, uma unidade".

O escrutínio popular foi, portanto, anulado e o conselho municipal aconselhado a realizar novas eleições "no prazo de quinze dias". 

Patrick Haddad já reagiu questionando o que pensará Marlène Schiappa, secretária de Estado para a Igualdade, sobre o facto de "a lei de paridade, que serve para promover a presença de mulheres na política, ser usada para forçar uma mulher a renunciar ao cargo".

Fonte: mundo ao minuto
Publicada em 31 de janeiro de 2019 às 14:25

 

Leia Também

Detran destaca Dia Nacional do Ciclista e alerta para os cuidados no trânsito

Dia 19 de agosto comemora-se o Dia Nacional do Ciclista

Menos burocracia em Vilhena para abrir empresas: Prefeitura e Sebrae divulgam processo simplificado

Processos para liberação de alvarás de empresas com baixo risco pode ser simplificado

Bazar da Solidariedade recebe doação especial da CBF com itens originais da Seleção Brasileira de Futebol

A equipe coordenadora avaliará a possibilidade destes itens especiais da CBF integrarem o acevo do leilão presencial que será realizado no evento.

Candidatos a imóvel do Cristal da Calama têm novo prazo para assinar contrato sob pena de serem substituídos

A Seas alerta que o atendimento se dará a partir da próxima segunda-feira (19) até o dia 26 de agosto

Envie seu Comentário