Cremero participa de reunião com Ministro da Saúde e CFM

Cremero participa de reunião com Ministro da Saúde e CFM

A 12ª Sessão Plenária Extraordinária do Conselho Federal de Medicina (CFM – Gestão 2019/2024), realizada na tarde desta quarta-feira (29 de julho) que reúne todos os Conselhos Regionais de Medicina do Brasil contou com a participação do então Ministro da Saúde, Dr. Eduardo Pazuello. O assunto em pauta foi sobre a COVID-19 e todos os representantes foram ouvidos.

Segundo Dr. Eduardo Pazuello, o Ministério em todas suas ações tem buscado ser o mais suave possível no que cabe competência aos profissionais de saúde. “Estamos aqui para somar forças e alinhar sempre a mesma comunicação, porém se em algum momento escorregarmos em alguma atitude pedimos que sejamos advertidos”, destacou o Ministro.

Os Conselhos puderam pontuar suas dificuldades durante a pandemia e ainda solicitar apoio ao Ministério quanto a necessidades particulares de cada região. “Foi uma iniciativa primorosa do Ministério da Saúde através do nosso CFM em querer ouvir todos nós. Enfrentamos uma curva ainda ascendente da Covid-19 em Rondônia, com problemáticas graves e poder apresentar isso a eles é mais uma forma de conseguir melhorias para sairmos do caos”, afirmou o Presidente do Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero), Dr. Robinson Machado.

Na oportunidade, Dr. Robinson Machado traçou o panorama da situação em Rondônia, apresentando a Macro Região I na capital e a Macro Região II no Interior, estando a II sediada em Cacoal com atendimento médico pelo Hospital Regional e HEURO em situação precária com a falta de medicamentos, insumos e recursos humanos. “A classe médica se sente abandonada e o Cremero tem atuado na tentativa de dar suporte dentro da sua competência, sabendo todos que temos limitações enquanto Conselho”, ressaltou durante a reunião.

 

Demais apontamentos sobre Rondônia

Entre outros assuntos relatados, o Presidente relembrou sobre o ofício encaminhado pelo órgão ao Ministério da Saúde solicitando reforços para o envio de profissionais médicos a Guajará Mirim e demais municípios da região em caráter de força tarefa devido a pressão que estão recebendo para a contratação de pessoas formadas no exterior sem a revalidação ou CRM registrado. “Pedimos mais uma vez enquanto Conselho que o Ministério da Saúde olhe com atenção para os Estados com curva ainda ascendente. Quando falamos de cuidado precoce, falamos em atenção básica efetiva e disponível para que as famílias sejam acompanhadas de forma seriada e adequada”, complementou Dr. Robinson Machado.

Com diálogo aberto pelo Ministério para o apontamento também de sugestões nas ações futuras, o Presidente do Cremero ainda sugeriu a necessidade de uma discussão ampla no campo político entre municípios e Governos Estadual e Federal nessa estrutura de combate a pandemia.

A partir de agora a Associação Médica Brasileira (AMB) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) tem cadeira permanente no gabinete de crise da Presidência. Antes de concluir a reunião, Dr. Eduardo Pazuello garantiu que esse encontro deve se repetir e acontecer pelo menos uma vez por mês. “É uma experiência espetacular ouvir a experiência de cada um desses Conselhos e a qualquer momento sintam-se liberados a provocar novas reuniões como essa conforme entendam necessário”, declarou o Ministro.

Fonte: ASSESSORIA
Publicada em 31 de julho de 2020 às 12:57

 

Leia Também

Polícia Civil de Rondônia orienta população sobre como identificar cédulas falsas de R$ 200

Entre os pontos de identificação da nota estão as inscrições República Federativa do Brasil, o número 200 e a imagem do lobo guará, tudo em alto relevo

Fhemeron realiza coleta de sangue itinerante no município de Cerejeiras

De acordo com o vice-presidente, o estoque de sangue durante a pandemia está sempre no limite, e os doadores ficam receosos em ir até o hemocentro.

Instituto de Pesos e Medidas interdita bomba de combustível irregular em Porto Velho

O posto com irregularidade tem dez dias corridos para realizar a manutenção na bomba medidora junto à empresa responsável

Prefeitura alerta sobre cadastro em novo sistema de bilhetagem

É necessária a mudança do cartão tendo em vista que o sistema de bilhetagem é diferente do Consórcio SIM e, com isso, não haverá compatibilidade com o COM Card

Envie seu Comentário