Ji-Paraná realizará dia de mobilização contra o Sarampo

Ji-Paraná realizará dia de mobilização contra o Sarampo

No próximo sábado (15) todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) atenderão das 7h30 às 13 horas a população nas faixas etárias de cinco a 19 anos para a imunização contra o sarampo.

O dia “D” de mobilização faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a doença, que começou na última segunda-feira (10), e terminará dia 13 de março em todo o Brasil.

Em Ji-Paraná as salas de vacina nas Unidades atendem de segunda a sexta-feira das 7h30 às 13 horas, mas para facilitar o acesso abrirão as portas no próximo sábado no mesmo horário.

O objetivo da ação é atualizar a caderneta de vacinação da população desta faixa etária definida pelo Ministério da Saúde. “Queremos manter as taxas de cobertura vacinal altas, por isso dependemos do apoio da população em aderir a campanha”, reforçou o diretor do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Rafael Araújo.

As pessoas devem aproveitar a oportunidade, pois a dose contra o sarampo é essencial. A vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola, é a única forma de prevenir a ocorrência dessas doenças na população. “Levem a caderneta de vacina”, lembrou Rafael Araújo.

Fonte: Assessoria
Publicada em 14 de fevereiro de 2020 às 10:08

 

Leia Também

Ipam lança aplicativo para consulta de informações

‘Meu RPPS’ permite o acesso ao contracheque, processos, informe de rendimentos, entre outras opções

Ministério Público dará posse a três Promotores de Justiça Substitutos na próxima quinta-feira

Aprovados no XXII Concurso para Ingresso na Carreira, tomarão posse Camyla Figueiredo de Carvalho, Izabella Maria de Barros Santos e Ivo Alex Tavares Stocco, seguindo ordem alfabética.

Seis novas linhas em circulação na capital

Todas as linhas permitem integração com as linhas expressas e demais, desde que dentro do período de 90 minutos, sentido único e com o COM CARD.

Unicef lança recomendações contra covid-19 aos candidatos a prefeito

Entre as recomendações da publicação, crianças e adolescentes devem ser prioridade nas eleições municipais.

Envie seu Comentário