MP apura supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Energisa na Comarca de Nova Brasilândia

MP apura supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Energisa na Comarca de Nova Brasilândia

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Brasilândia do Oeste, instaurou inquérito civil público para apurar supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Concessionária de energia Energisa, pela suspensão abrupta de energia aos consumidores da Comarca.

O inquérito foi instaurado pela Promotora de Justiça Analice da Silva para apurar diversas denúncias acerca das constantes interrupções de energia elétrica em dias distintos e com certa frequência a consumidores dos municípios de Nova Brasilândia, Novo Horizonte e Distrito de Migrantinópolis, sem que houve houvesse a devida comunicação prévia ou justificativas pela interrupção do fornecimento de energia elétrica.

Fonte: ASCOM-MP
Publicada em 06 de dezembro de 2019 às 13:48

 

Leia Também

Congresso promulga emenda que adia eleições municipais para novembro

Brasileiros vão às urnas em 15 e 29 de novembro deste ano

Hoje é o último dia para pedir benefício auxílio emergencial

Prazo para novos cadastros termina nesta quinta às 23h59

MP recomenda ao Prefeito de Porto Velho atualização de gastos com enfrentamento à pandemia no Portal da Transparência

Ao emitir a recomendação, o MP concedeu o prazo de cinco dias para que a Prefeitura informe as providências adotadas.

Rondônia registra 21.523 casos confirmados e 523 óbitos e 10.198 recuperados de COVID-19

Dos 21.523 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 13.241 são em Porto Velho

Envie seu Comentário