MP apura supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Energisa na Comarca de Nova Brasilândia

MP apura supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Energisa na Comarca de Nova Brasilândia

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Brasilândia do Oeste, instaurou inquérito civil público para apurar supostas violações ao Código de Defesa do Consumidor pela Concessionária de energia Energisa, pela suspensão abrupta de energia aos consumidores da Comarca.

O inquérito foi instaurado pela Promotora de Justiça Analice da Silva para apurar diversas denúncias acerca das constantes interrupções de energia elétrica em dias distintos e com certa frequência a consumidores dos municípios de Nova Brasilândia, Novo Horizonte e Distrito de Migrantinópolis, sem que houve houvesse a devida comunicação prévia ou justificativas pela interrupção do fornecimento de energia elétrica.

Fonte: ASCOM-MP
Publicada em 06 de dezembro de 2019 às 13:48

 

Leia Também

Além da questão ética, saúde e educação - Por Valdemir Caldas

Nos últimos anos, a saúde e a educação chegaram ao fundo do poço. Estão brincando com coisas sérias.

Coleta Seletiva: Semeia orienta a população para utilizar Ecoponto corretamente

O objetivo é inserir na sociedade ji-paranaense a cultura de reciclar, adotando a prática da separação do lixo, contribuindo assim para redução da quantidade de resíduos que é enviada para os aterros.

Semagric continua trabalho no distrito de Rio Pardo

Gestão Hildon Chaves garante escoamento da produção através do trabalho das equipes da Semagric

Saae apresenta nomes das empresas participantes de licitação para ampliação e readequação do sistema de água em Vilhena

Cinco empresas apresentaram documentação para se habilitar na concorrência pública; apenas uma é de Rondônia

Envie seu Comentário