Mulher é agredida pelo companheiro por causa de ´compras desnecessárias´

Mulher é agredida pelo companheiro por causa de ´compras desnecessárias´

Uma mulher de 36 anos foi agredida pelo marido com socos, na noite de domingo (17), em uma residência do Bairro São Francisco, em Porto Velho. Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito de 21 anos atacou a vítima depois de considerar que ela fez 'compras desnecessárias' para casa.

Aos policiais, a esposa do jovem contou que após chegar em casa com as compras, o marido começou a reclamar e a xingá-la. Na sequência o rapaz deu vários socos na esposa.

Para se defender do ataque, a mulher pegou um lixador de unha e perfurou o braço do marido. A vítima então correu para dentro de um quarto e trancou a porta.

A PM foi chamada ao imóvel do casal e os policiais encontraram o suspeito do lado de fora, com uma lesão no braço. Já a vítima continuava trancada no quarto com várias lesões no corpo.

De acordo com boletim de ocorrência, como havia lesões no corpo do marido e esposa, os dois receberam voz de prisão por lesão corporal e foram levados à Central de Polícia de Porto Velho.

Fonte: G1 RO
Publicada em 18 de novembro de 2019 às 10:38

 

Leia Também

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

PRF recupera moto roubada em Itapuã do Oeste

O veículo, que era conduzido por um inabilitado, ainda ostentava uma placa adulterada, com o objetivo de ludibriar a fiscalização policial

PF desmonta quadrilha que movimentou R$ 230 milhões em ouro

De acordo com as investigações, o grupo é formado por venezuelanos e brasileiros que inclusive enviaram o minério extraído de forma ilegal ao exterior

Envie seu Comentário