Evo Morales diz que não se culpa pela atual crise na Bolívia

 Evo Morales diz que não se culpa pela atual crise na Bolívia

ex-presidente boliviano Evo Morales disse nesta sexta-feira (15/11/2019) no México, onde está no exílio, que não se sente responsável pela atual crise na Bolívia, mas reconheceu que possivelmente tenha cometido erros.

Na avaliação dele, seu principal erro “foi derrotar os adversários”. “Somos seres humanos, mas nunca pensamos em prejudicar o povo boliviano”, afirmou.

Em entrevista ao programa En Punto, da rede Televisa, Morales afirmou que “por enquanto” não se vê de volta à presidência de seu país. Na avaliação dele, o país está “no estágio de recuperar a democracia e derrotar a ditadura”. Na última terça (12), ao chegar ao México, Morales disse que houve um golpe de Estado na Bolívia.

“Vencemos quatro eleições consecutivas. Levamos em conta os diferentes setores sociais. No início do meu governo, não havia muita participação do setor industrial”, afirmou.

Nessa quarta (14), o ex-presidente da Bolívia pediu ao papa Francisco e à Organização das Nações Unidas (ONU) que intercedam para “pacificar” o país em convulsão.

Após a renúncia e saída de Evo do país, a senadora de oposição Jeanine Áñez, do partido Unidad Demócrata, declarou-se presidente da Bolívia. Ela removeu a cúpula militar e prometeu eleições “no menor tempo possível”.

 

Fonte: Metrópoles
Publicada em 15 de novembro de 2019 às 16:22

 

Leia Também

Nota Oficial da Presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia

Nossa gestão preza pela transparência, probidade e legalidade. O resultado está na economia de R$ 40 milhões nestes 11 meses à frente da Presidência da Assembleia Legislativa.

Câmara de Porto Velho concede título de cidadão honorário a Phelippe Daou Junior e moções de aplauso a servidores da SEMAD

As honrarias foram exaltadas pelo vereador-presidente Edwilson Negreiros, do PSB

Marcito envia para Câmara Zona de Proteção Aeroportuária

A medida é necessária, conforme explicou o Prefeito, para garantir o plano de expansão das operações do Aeroporto José Coleto

Rondônia despedaçada de novo por Professor Nazareno

Essa gente só pode estar de brincadeira com Rondônia. Não é possível que tenhamos voltado mais uma vez para o lodo, para o lixo, para o esgoto. Não é aceitável que continuemos sendo a “latrina do Brasil”.

Envie seu Comentário