Trabalhar muitas horas provoca queda de cabelo, diz estudo

Trabalhar muitas horas provoca queda de cabelo, diz estudo

 

Um estudo recente, publicado na revista científica Annals of Occupational and Environmental Medicine, concluiu que existe uma relação entre o número de horas de trabalho e a queda de cabelo. 

A pesquisa revelou que os homens entre os 20 e os 30 anos que trabalhavam pelo menos 52 horas semanais, perdiam o cabelo mais rapidamente do que aqueles que tinham um horário de trabalho regular.

Para chegar a estes resultados, a equipe estudou 13391 empregados, divididos em três grupos: aqueles que trabalhavam 40 horas semanais, os que trabalhavam 52 horas, e os que trabalhavam mais do que 52. O primeiro grupo registrou um aumento de dois por cento na queda de cabelo, o segundo de três por cento, e o último de quatro.

Segundo os pesquisadores sul coreanos, o estudo teve também em conta as variáveis do seu estilo de vida e o estado civil. Mas a conclusão permanece a mesma: trabalhar demais e não ter horas de lazer danifica os folículos e causa a queda de cabelo.

Fonte: Minutos Ao Minutos
Publicada em 06 de novembro de 2019 às 21:56

 

Leia Também

Ed Sheeran é artista britânico da década por recorde nos rankings

Ele tem a maior quantidade (12) de singles que chegaram ao primeiro lugar entre 2010 e 2019

Will Smith já está trabalhando em novo Um Maluco no Pedaço

O comediante trabalha no spin-off da produção. Segundo a The Hollywood Reporter, personagens originais podem voltar a série

DJ Rennan da Penha lança primeira música após sair da prisão

A faixa Se Olha no Espelho veio após um desafio do músico aos seus fãs, que aguardavam ansiosamente os novos projetos dele

Após adaptação de Shallow Now, Paula Fernandes diz que não guarda mágoas de Luan Santana

O sertanejo teria tido divergências criativas com a colega e, sem maiores cerimônias, abandonou o projeto.

Envie seu Comentário