4 suspeitos foram presos com quase 40 kg de cocaína em Rondônia

4 suspeitos foram presos com quase 40 kg de cocaína em Rondônia

Quase 40 kg de cocaína foram apreendidos nesta segunda-feira (18) na Linha C80, Zona Rural de Alto Paraíso (RO), após uma operação entre as polícias militar e rodoviária federal. Quatro pessoas foram presas suspeitas de tráfico de drogas (três homens e uma mulher). Duas caminhonetes e celulares também foram apreendidos. O caso será investigado.

O major do 7º Batalhão da Polícia Militar (BPM) Robinson Brancalhão informou que a quadrilha já vinha sendo monitorada pela PRF antes da abordagem. "Pela manhã [desta segunda], a PM começou a fazer rondas no município de Ariquemes e, no fim da tarde, foram encontrados", explicou.

Segundo informações iniciais da polícia, os 38,5 kg de cocaína saíram de Guajará-Mirim (RO). A apreensão e prisão dos suspeitos ocorreu em Alto Paraíso, que fica a cerca de 70 quilômetros de Ariquemes, destino final dos entorpecentes.

A corporação não informou se os suspeitos presos já têm passagem pela polícia. Eles foram encaminhados para a Unidade Integrada de Segurança Publica (Unisp) de Ariquemes, onde serão ouvidos.

Eles irão responder por tráfico de drogas. Os veículos e celulares apreendidos serão periciados.

Quatro suspeitos, sendo três homens e uma mulher, foram presos por tráfico de drogas em Alto Paraíso.  — Foto: Rinaldo Moreira/G1

Fonte: G1 Ariquemes e Vale do Jamari
Publicada em 19 de novembro de 2019 às 11:08

 

Leia Também

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

PRF recupera moto roubada em Itapuã do Oeste

O veículo, que era conduzido por um inabilitado, ainda ostentava uma placa adulterada, com o objetivo de ludibriar a fiscalização policial

PF desmonta quadrilha que movimentou R$ 230 milhões em ouro

De acordo com as investigações, o grupo é formado por venezuelanos e brasileiros que inclusive enviaram o minério extraído de forma ilegal ao exterior

Envie seu Comentário