Estado é condenado a indenizar família de policial militar morta em acidente na BR-364

Estado é condenado a indenizar família de policial militar morta em acidente na BR-364

O Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Velho condenou o Estado de Rondônia ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 60 mil, ao marido e o filho menor da policial militar Leidiane da Silva

Linhares, que perdeu a vida em um acidente na BR-364, dia 4 de janeiro do ano passado, quando voltava de um curso, na estrada que liga Buritis a Ariquemes.

Segundo a ocorrência policial 2271/2018, o acidente aconteceu próximo a balança da BR 421, quando o soldado Ednilson Carvalho Brito perdeu o controle da viatura a qual dirigia, vindo a capotar. O acidente, ocorreu por imprudência do Comando da 4ª CIA da PM, e do próprio Edmilson, que estava com labirintite e jamais deveria ter sido escalado para conduzir a viatura. 

O Estado, em sua contestação, quis se eximir da culpa e jogou a culpa sobre o policial condutor da viatura, que estava dirigindo em alta velocidade e causou o acidente após uma ultrapassagem próximo à balança da BR 421.

Para a Justiça, o Estado teve responsabilidade objetiva sobre a morte da policial uma vez que seu agente público não se responsabiliza diretamente pelo acidente.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 20 de agosto de 2019 às 10:23

 

Leia Também

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

PF cumpre mandados de busca apreensão em Porto Velho, São Miguel do Guaporé e Guajará-Mirim no combate ao Covid-19

A ação decorre de mais um trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público Federal, que resultou no cumprimento de 10 (dez) mandados de busca e apreensão

Envie seu Comentário