Estado é condenado a indenizar família de policial militar morta em acidente na BR-364

Estado é condenado a indenizar família de policial militar morta em acidente na BR-364

O Juízo da 2ª Vara da Fazenda Pública de Porto Velho condenou o Estado de Rondônia ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 60 mil, ao marido e o filho menor da policial militar Leidiane da Silva

Linhares, que perdeu a vida em um acidente na BR-364, dia 4 de janeiro do ano passado, quando voltava de um curso, na estrada que liga Buritis a Ariquemes.

Segundo a ocorrência policial 2271/2018, o acidente aconteceu próximo a balança da BR 421, quando o soldado Ednilson Carvalho Brito perdeu o controle da viatura a qual dirigia, vindo a capotar. O acidente, ocorreu por imprudência do Comando da 4ª CIA da PM, e do próprio Edmilson, que estava com labirintite e jamais deveria ter sido escalado para conduzir a viatura. 

O Estado, em sua contestação, quis se eximir da culpa e jogou a culpa sobre o policial condutor da viatura, que estava dirigindo em alta velocidade e causou o acidente após uma ultrapassagem próximo à balança da BR 421.

Para a Justiça, o Estado teve responsabilidade objetiva sobre a morte da policial uma vez que seu agente público não se responsabiliza diretamente pelo acidente.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 20 de agosto de 2019 às 10:23

 

Leia Também

PRF apreende pistola e 17 munições em Porto Velho

O armamento foi encontrado durante a busca em uma caminhonete, que trafegava, com 7 ocupantes, na área urbana da capital rondoniense

PRF prende homem com carro clonado e documento falso

O indivíduo, que alegou ter comprado o veículo por 13 mil reais, foi abordado pelos agentes no km 19 da BR-435, em Vilhena (RO)

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

Envie seu Comentário