Capital volta a ter exposição agropecuária; festa acontecerá de 2 a 6 de outubro

Capital volta a ter exposição agropecuária; festa acontecerá de 2 a 6 de outubro

O superintendente de Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Jobson Bandeira dos Santos, confirmou que Porto Velho voltará a ter uma festa agropecuária, prevista para acontecer do dia 2 a 6 de outubro desde ano, no Parque dos Tanques. A cavalgada será no dia 28 de setembro, e abrirá o evento.

O governador Marcos Rocha, lançou em sua página uma enquete onde a população poderá dar sugestões de nomes para a festa agropecuária da Capital. O nome Expovel não poderá mais ser usado, por conta de débitos, e ações privadas.

Diferente de antes, a entrada na festa agropecuária será apenas 1kg de alimento não perecível, e todo o alimento arrecadado será doado para as instituições de caridade.

A festa terá apoio de empresas privadas, e deputados estaduais e federais.
Segundo o superintendente, está descartada a possibilidade do Governo bandas nacionais para se apresentar no evento.

“Eu não vejo a necessidade de contratar bandas de fora, uma vez que temos bandas locais em Porto Velho, e serão valorizadas. Se aparecer algum patrocinador querendo trazer algum cantor de fora, fica por responsabilidade dele, mas não poderá cobrar entrada”, diz Jobson Bandeira

A cavalgada será dentro da cidade, mas não como era antes, quando várias carretas e veículos seguiam em forma de carreata. Será mantida a tradicional cavalgada com cavalos e bois, acompanhado de um trio-elétrico durante todo o percurso que inicia no estacionamento do Espaço Alternativo, passa pela Avenida Lauro Sodré e finalizada no Parque dos Tanques, onde a festa continua.

Fonte: VIARONDÔNIA com informações do Rondoniagora
Publicada em 14 de agosto de 2019 às 16:30

 

Leia Também

Desmatamento da Amazônia subiu 29,5% entre 1º de agosto do ano passado e 31 de julho deste ano

Percentualmente, é também o maior salto de um ano para o outro dos últimos 22 anos.

Unidade de Saúde Albert Sabin realizou mais de 90 procedimentos em programação alusiva ao “Novembro Azul”

O evento foi organizado pela equipe da unidade em parceria com agentes de saúde e profissionais da Semusa

Falta de chuva prejudica plantio de soja em Rondônia

O serviço atrasou cerca de 10 dias e a primeira área plantada foi em Rio Crespo, ainda em setembro. Rondônia é o terceiro maior produtor de soja da Região Norte.

Alunos do 4° ano da escola Ensina-me a Viver visitam exposição interativa na Fundação Cultural de Vilhena

A visita teve como objetivo proporcionar contato com a arte: peças de metal despertaram a curiosidade dos pequenos

Envie seu Comentário