PF deflagra “Operação Bissexto” e desarticula associação criminosa de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas

PF deflagra “Operação Bissexto” e desarticula associação criminosa de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas

Ji-Paraná – RO: A POLICIA FEDERAL deflagrou na manhã de hoje (18/10/2018) a Operação BISSEXTO, com o objetivo de desarticular uma associação criminosa especializada em lavar dinheiro oriundo do tráfico de drogas.


As investigações foram realizadas pela Delegacia de Polícia Federal de Ji-Paraná/RO e tiveram início a partir da prisão de um indivíduo, que possuía histórico de envolvimento com tráfico de drogas. No veículo do preso foram encontrados diversos comprovantes de depósitos e transferências bancárias que permitiram o aprofundamento da investigação.


Através de quebras de sigilos bancários e fiscais judicialmente autorizadas, a Polícia Federal identificou uma rede de interpostas pessoas, vulgos “laranjas”, que emprestavam suas contas bancárias para que o grupo criminoso movimentasse valores. A associação criminosa movimentou mais de R$ 4.500.000,00 nos anos de 2016 e 2017 30 Policiais Federais estão cumprindo 04 mandados de prisão temporária e 07 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo 3ª Vara Criminal de Ji-Paraná/RO.


Os envolvidos responderão pelos crimes de associação ao tráfico de drogas (art. 35 da lei 11.343/2006) e de lavagem de capitais (art. 1º, §1º, inciso II, da lei 9.613/1998). 
A denominação da operação BISSEXTO é devido ao fato do principal alvo da operação ter sido preso nos anos de 2008, 2012 e 2016.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 18 de outubro de 2018 às 08:15

 

Leia Também

PRF prende 19 foragidos na primeira quinzena de novembro em Rondônia

Três dos indivíduos foram recapturados nas 34 horas iniciais de atividades da Operação Proclamação da República, que começou às 0h de quinta-feira (14) e seguirá até às 23h59 do próximo domingo (17)

Homem invade casa da ex-mulher tenta esfaquea-la em Porto Velho

O suspeito chegou na casa da vítima, chutou a porta do local e pegou uma faca para ferir a mulher. Ele foi imobilizado por vizinhos da vítima.

Dupla monitorada por tornozeleira eletrônica, foi presa após assalto em Ariquemes.

Segundo uma das vítimas do crime, um dos suspeitos estava armado. Dupla, que já era monitorada por tornozeleira eletrônica, foi presa em Ariquemes.

Criança é morta pela mãe após ter negado limpar a casa de madrugrada

A mulher acordou o filho por volta das 4h30, que se recusou a limpar a casa. “Ela então deu duas cintadas nele, que correu para o quintal. Em seguida, ela o executou”, completou.

Envie seu Comentário