Mulher grávida pula do 2º andar para fugir de cárcere e agressão

Mulher grávida pula do 2º andar para fugir de cárcere e agressão

Uma mulher grávida, que era mantida em cárcere privado pelo seu ex-companheiro, pulou a janela do segundo andar para fugir das agressões do homem neste domingo (18/11/2019). Segundo reportagem do jornal O Tempo, ela era vítima de chutes contra a barriga, socos na cabeça e ameaças de morte. O caso aconteceu em Raposos, região metropolitana de Belo Horizonte.

O suspeito, na sequência, ainda pulou atrás dela e continuou a espancá-la. Ele só parou quando policiais que tentavam negociar a liberdade da mulher chegaram. A vítima tem 23 anos e foi socorrida e enviada ao posto de saúde municipal de Raposos e sobreviveu. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do bebê, filho do agressor.

Vizinhos ouviram gritos
Ao ouvir os gritos e os pedidos de socorro da mulher, vizinhos da casa onde ela estava presa acionaram a Polícia Militar. À porta da residência, os policiais encontraram o suspeito agarrando a ex-companheira pelo pescoço, bem na janela.

Fonte: Metrópolis
Publicada em 18 de novembro de 2019 às 08:00

 

Leia Também

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

PRF recupera moto roubada em Itapuã do Oeste

O veículo, que era conduzido por um inabilitado, ainda ostentava uma placa adulterada, com o objetivo de ludibriar a fiscalização policial

PF desmonta quadrilha que movimentou R$ 230 milhões em ouro

De acordo com as investigações, o grupo é formado por venezuelanos e brasileiros que inclusive enviaram o minério extraído de forma ilegal ao exterior

Envie seu Comentário