Jovem é morto a tiros por suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho

Jovem é morto a tiros por suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho

Um jovem de 24 anos, identificado como Wellington Leone dos Santos, foi morto a tiros por um suposto entregador de comida por aplicativo em Porto Velho. O crime aconteceu durante a noite de segunda-feira (18) na Avenida Mamoré, Zona Leste.

Aos policiais civis, o tio e o primo da vítima contaram que Wellington estava na frente de casa, quando o suspeito se aproximou em uma moto e efetuou os disparos.

"Escutei os tiros e, quando fui ver o que era, encontrei o Leone entrando pela minha cozinha falando que tinha sido baleado. Fui na frente da minha casa e não vi ninguém. Quando voltei ele já estava quase sem respirar", disse o primo da vítima.

Outra testemunha informou aos policiais que estava na frente de uma frutaria quando o atirador em uma motocicleta de cor preta e com uma bolsa de entregador de comida por aplicativo, parou na frente da casa do Wellington e efetuou três disparos contra a vítima.

Após o ataque, a testemunha diz que o condutor da motocicleta fugiu sentido Avenida Calama. O suspeito não foi identificado. A equipe do Sevic, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida, esteve no local e investiga o homicídio.

Segundo boletim de ocorrência, o primo da vítima e amigos levaram Wellington à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas no local receberam a informação que o jovem estava morto.

O relatório preliminar da Polícia Civil aponta que Wellington foi atingido com disparos no tórax, no braço direito e um terceiro tiro no braço esquerdo.

Fonte: G1 RO
Publicada em 19 de novembro de 2019 às 10:32

 

Leia Também

3 foragidos da justiça são presos em menos de 8 horas pela PRF

Os indivíduos, que eram procurados por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação, foram flagrados em abordagens realizadas na capital e em Pimenta Bueno; um dos homens foi preso enquanto almoçava na rodoviária

PRF prende foragido da justiça durante fiscalização a táxi

O homem, que confirmou aos agentes responder há 2 anos pela prática de estupro de vulnerável, foi preso em flagrante.

PRF recupera moto roubada em Itapuã do Oeste

O veículo, que era conduzido por um inabilitado, ainda ostentava uma placa adulterada, com o objetivo de ludibriar a fiscalização policial

PF desmonta quadrilha que movimentou R$ 230 milhões em ouro

De acordo com as investigações, o grupo é formado por venezuelanos e brasileiros que inclusive enviaram o minério extraído de forma ilegal ao exterior

Envie seu Comentário