Homem é encontrado morto em hotel com bilhete premiado da Mega-Sena

Homem é encontrado morto em hotel com bilhete premiado da Mega-Sena

Um homem, de 54 anos, foi encontrado morto em um quarto de hotel ontem à tarde em Curitiba (PR). Segundo a Polícia Militar, ao lado do homem havia um bilhete premiado da Mega-Sena no valor de R$ 398 mil.

De acordo com a PM, a corporação foi acionada pelos funcionários do hotel, que fica na região central da cidade. Eles deram falta do hóspede e não conseguiram contato com ele. Ainda segundo a PM, familiares do homem chegaram a ligar para o hotel e informaram que ele ainda não havia voltado para casa.

Assim que os militares entraram no quarto, encontraram o hóspede sem vida. Ao lado dele havia uma mala com os pertences e também um comprovante da Caixa Econômica Federal para sacar o dinheiro do prêmio. A identidade do homem não foi divulgada pelos policiais.

"Nós chegamos ao local e ele já estava sem vida. Ao que tudo indica, seria de morte natural, porque não existiam marcas de violência. Ele é morador do interior do estado e estava com um papel para sacar o dinheiro, mas ainda não havia feito isso", informou o soldado Bazani ao UOL.

A Polícia Científica do Paraná e a Polícia Civil (PC) foram acionadas para irem ao local. Uma perícia foi feita em todo o quarto e o bilhete, assim como outros pertences, foram recolhidos e devem passar por nova perícia na próxima segunda-feira (6) no Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a Polícia Civil afirmou que abriu um inquérito para apurar o caso e tem realizado diligências a fim de esclarecer o fato. "A princípio, a causa da morte foi um infarto. A PCPR aguarda laudos periciais que auxiliarão no andamento das diligências", informou o órgão ao UOL.

A delegada Magda Hofstaetter da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esclareceu que somente após o relatório do exame de necropsia será possível apontar se a vítima morreu ou não de causas naturais, ou até mesmo por envenenamento.

"Eu estou aguardando a liberação do laudo que vai apontar as causas da morte para saber se o caso permanece comigo ou sei vai para outra delegacia. Ainda é muito arriscado apontarmos o que houve no local e com a vítima, vamos aguardar os resultados para falar", contou Hofstaetter ao UOL.

Procurado, o Hotel não quis comentar o caso.

Fonte: UOL
Publicada em 04 de fevereiro de 2023 às 13:51

 

Leia Também

Madecon abandona obras no bairro Igarapé, e moradores dizem que encarregado relatou que a obra não é prioridade

É o caso do bairro Igarapé, onde a empresa Madecon, iniciou o trabalho de drenagem e pavimentação e há 08 dias abandonou

MP-RO cria Força-Tarefa para monitorar transporte fluvial escolar em Porto Velho

Ideia é fiscalizar o serviço, que foi retomado depois de 5 anos para os estudantes do baixo, médio e alto Madeira.

Estudantes de Rondônia podem se inscrever até 5 de maio no Projeto Jovem Senador 2023

Para se inscrever, o candidato deve ter disponibilidade para participar da Semana de Vivência Legislativa, de 21 a 25 de agosto, em Brasília

Tecnologia para tratamento de efluentes vai fortalecer agroindústrias de Rondônia

A agroindústria familiar é uma alternativa para o desenvolvimento rural, contribuindo com a geração de renda por meio do processamento de alimentos

Envie seu Comentário