Jesuino fala sobre pedido de anulação das eleições no Brasil feito pelo PL

Jesuino fala sobre pedido de anulação das eleições no Brasil feito pelo PL

O pedido do PL, pedindo ao TSE a anulação dos votos de 279 mil urnas eletrônicas, o correspondente a 59% do total dos aparelhos, foi comentado nesta terça-feira (22) pelo deputado Jesuino Boabaid (PSD), durante sessão ordinária na Assembleia Legistiva de Rondônia. Para o parlamentar, a má condução do processo feito pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes, que, na avaliação dele, ultrapassa os limites do poder, é uma das causas do caos político instalado no país.

Jesuíno, no entanto, entende que o Congresso Nacional é o espaço mais adequado e legítimo para a busca de soluções democráticas para a resolução do impasse, inclusive por causa da posse dos novos integrantes a partir de fevereiro de 2023.

"O momento é crítico e é preciso cautela". Segundo o orador, em jogo está a lisura das eleições em 30 anos de existência das urnas eletrônicas. 

Presidente do Poder, Alex Redano disse que, se forem comprovadas irregularidades, o correto é a anulação das eleições com todos os candidatos voltando a ter condições iguais e transparentes na disputa. Já o deputado Laerte Gomes entende que o momento é também oportuno para se pensar numa ampla reforma política-eleitoral. 

Para o deputado Lazinho da Fetagro, mesmo derrotado nas eleições, é preciso manter o resultado. "O sistema só serve quando o presidente Jair Bolsonaro vence?", indagou ele, também em aparte.

Fonte: Assessoria de Comunicação
Publicada em 24 de novembro de 2022 às 10:22

 

Leia Também

Petróleo abre semana em queda, apesar do temor por conta do ataque do Irã a Israel

Na manhã desta segunda-feira, 15, por volta das 7h30 (horário de Brasília) operavam até em baixa: o preço do barril do óleo tipo Brent recuava 0,8%, cotado a US$ 89,73, enquanto o óleo tipo WTI caía 0,9%, com preço de US$ 84,89

Passagens aéreas a R$ 200: governo lança o Voa Brasil em 17 de abril

Inicialmente, as viagens serão restritas a destinos domésticos

Governo Lula prevê salário mínimo de R$ 1.502 em 2025

O valor segue a fórmula de correção da política de valorização, que inclui reajuste pela inflação de 12 meses até novembro do ano anterior mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes (neste caso, a alta de 2,9% observada em 2023)

Governo de RO fortalece Segurança Pública com entrega de viaturas e equipamentos para o Corpo de Bombeiros de São Miguel do Guaporé

Além das viaturas foram entregues nobreaks, monitores de vídeo led e microcomputadores

Envie seu Comentário