Avenida Calama ganha iluminação pública diferenciada

Avenida Calama ganha iluminação pública diferenciada

Dando sequência ao Programa de Eficiência Energética (Proled), com foco na padronização, modernização, qualidade da iluminação pública e mais segurança para as pessoas, a Prefeitura de Porto Velho iniciou a substituição das lâmpadas de vapor metálico por luminárias de led na avenida Calama.

O trabalho, executado por equipes da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Emdur), está sendo realizado no trecho que fica entre as avenidas Jorge Teixeira e Farquar, na parte mais central da cidade.

Procedimento idêntico foi concluído recentemente na avenida Farquar, entre a avenida dos Imigrantes e 7 de Setembro, também foi contemplada a avenida Lauro Sodré.

Na região Leste de Porto Velho, o trecho mais movimentado da avenida José Amador dos Reis, que fica entre a avenida Amazonas e a rua Quatro de Outubro, também já conta com iluminação diferenciada (led). No local, foram substituídos 99 pontos de luz.

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

O presidente da Emdur, Gustavo Beltrame, disse que, entre os principais motivos para a mudança estão a segurança para a população, economia na conta de luz para os cofres do município e a durabilidade das lâmpadas de led, que ultrapassam as 50 mil horas de uso. Já as de vapor metálico duram no máximo 20 mil horas.

ECONOMIA E INVESTIMENTO

“Somente com a iluminação da rua José Amador dos Reis, vamos economizar R$ 158 mil por ano”, destacou Beltrame, acrescentando que o investimento da Prefeitura nessa etapa inicial do Proled é da ordem de R$ 2,5 milhões para atender as avenidas com maior fluxo de veículos.

Ainda sobre o tempo de vida útil das novas luminárias, que também resulta em maior economia para a Prefeitura, o presidente da Emdur informa que as lâmpadas de led têm garantia de até oito anos.

Fonte: Superintendência de Comunicação Social
Publicada em 18 de outubro de 2021 às 09:07

 

Leia Também

Semana Internacional da Pessoa com Deficiência é marcada com o lançamento da Carteira de Identidade para pessoas com autismo

Durante o lançamento, foram entregues as três primeiras Carteiras de Identidade para três pacientes autistas da capital

Grande parte da BR-319 segue imprópria para o trânsito em meio a impasses ambientais e burocráticos

Rodovia está, há mais de 30 anos, com problemas que dificultam ou até impedem o tráfego. A área mais crítica segue do quilômetro 250 ao 655, o chamado "trecho do meio".

Polícia Federal deflagra operação de combate a fraudes no Programa “Minha Casa, Minha Vida” que causou prejuízo de quase R$ 4 milhões 

Investigação identificou superfaturamento na compra de terrenos de mais de 1500%

Parabéns, Dra. Zênia, a senhora é a mais nova liderança da advocacia Rondoniense

Novo resultado anunciado pela Comissão Eleitoral diminui de 113 para 35 votos a diferença final entre as chapas

Envie seu Comentário