Vítima de ataques políticos, prefeito de Machadinho explica projeto de alteração do Imprev

Vítima de ataques políticos, prefeito de Machadinho explica projeto de alteração do Imprev

O prefeito de Machadinho do Oeste, Leomar Patrício (Solidariedade), recorreu ao Facebook para explicar a razão de ter enviado à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei 066/2020, com alterações no Instituto Municipal de Previdência (Imprev). Ele esclareceu que os municípios precisam se adequar à Emenda Constitucional 103/2019, caso contrário a prefeitura ficará sem certidão e impossibilitada de receber recursos.

Leomar Patrício lembrou que durante todo o seu mandato manteve as certidões em dia e buscou recursos nos âmbitos federal e estadual para atender a população. “Não seria agora que deixaríamos a prefeitura sem a certidão. Mas para isso os vereadores precisam votar o projeto”, esclareceu.

O prefeito contou, ainda, que tem sido duramente criticado por adversários. “É muito fácil dizer meias verdades, mas tenho certeza de uma coisa: qualquer um que estivesse à frente da prefeitura agiria da mesma forma que eu em relação ao Imprev. Ou a Previdência muda ou os municípios param de receber recursos”, especificou.
Leomar Patrício lembrou que os demais municípios terão que agir em relação aos seus institutos de previdência, e isso também terá que acontecer em relação ao Governo do Estado.

“Os vereadores têm o dever de votar logo o projeto. Estamos em uma democracia. Se algum vereador achar que deve apresentar alguma emenda, está livre para agir assim. Quando o projeto for aprovado, será encaminhado de volta à prefeitura”, destacou.

Ele lembrou que, se o projeto não for votado, Machadinho do Oeste deixará de receber uma grande quantidade de emendas. Leomar Patrício afirmou que, ao contrário do que estão dizendo, a prefeitura não está mexendo na vida do servidor nem colocando em risco os recursos do Imprev.

“Fizemos alguns ajustes somente. São mudanças administrativas. Estão garantidos 2% para a manutenção do Instituto Municipal de Previdência. Administramos da melhor maneira possível, sem interferência. Só recomendo cuidado nesse momento político, com pessoas que manipulam as redes sociais da forma que querem, que se apropriam de emissoras de rádio e falam o que bem entendem, sem responsabilidade nenhuma, na esperança de assumir uma cadeira na Câmara ou na prefeitura”, prosseguiu Leomar Patrício.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 31 de julho de 2020 às 11:46

 

Leia Também

Empresário Fausto de Oliveira Moura que gravou prefeitos do interior já foi preso duas vezes por envolvimento em esquema de corrupção

O empresário vilhenense Fausto de Oliveira Moura foi o autor das denúncias que levaram a Justiça de Rondônia a decretar a busca e apreensão de quatro prefeitos, um deputado, e um ex-deputado estadual rondoniense, durante a Operação Reciclagem

Operação da Polícia Civil e MP cumpre mandados envolvendo vereadores de Urupá

Os mandados de busca domiciliares foram cumpridos em pontos diversos, sendo na residência de um vereador, no gabinete do presidente da Câmara

Samuel Costa apoia postulância do SGT/BM Fonseca para Câmara da Capital pelo Movimento65

Para Fonseca a recíproca é a mesma ao partido de esquerda, cuja a finalidade é fortalecer o intelectual de crianças, adolescentes, jovens e adultos na rede pública de ensino.

Ferrugem é aposta do PL para União Bandeirantes

O partido vem com uma nominata forte principalmente nos distritos da zona rural que, em seguidas eleições, vem emplacando seus representantes.

Envie seu Comentário