Enem passa a ser aceito em mais 5 universidades portuguesas

Enem passa a ser aceito em mais 5 universidades portuguesas

O número de universidades portuguesas que aceitam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chegou a 47. Segundo anunciou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta terça-feira (19), cinco novas instituições de ensino superior de Portugal aderiram ao convênio com o governo federal para que estudantes brasileiros possam ser selecionados para cursos de graduação por meio do exame. Assim, o número chegou a 47.

Os acordos foram assinados pelo presidente do Inep, Alexandre Lopes, e representantes das cinco novas instituições na sede da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa, Portugal.

"Toda oportunidade que a gente possa dar ao estudante brasileiro, de ele se abrir para o mundo, buscar conhecimentos novos, ela é enriquecedora, e este é um trabalho muito importante para o Inep”, afirmou Lopes, segundo nota da assessoria de imprensa da autarquia.

As novas instituições conveniadas são:

Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes (Ismat)

Instituto Superior Dom Dinis (Isdom)

Instituto Superior de Gestão (ISG)

Instituto Superior de Gestão e Administração de Santarém (Isla Santarém)

Instituto Superior de Gestão e Administração de Gaia (Isla Gaia)

Universidades de Portugal começaram a aceitar a nota do Enem em 2014 – a primeira instituição a aderir foi a Universidade de Coimbra, em maio daquele ano; em setembro, a Universidade de Algarve também entrou no convênio (veja abaixo a evolução das universidades portuguesas que aceitam o Enem).

Enem em Portugal

O programa do Inep de convênio com faculdades portuguesas, que completou cinco anos em maio, tornou-se possível com uma mudança na legislação local. Um decreto de 2015 regulamentou o estatuto do estudante internacional em Portugal. Em março do mesmo ano, o Ministério da Educação de Portugal permitiu às suas instituições definirem a forma de ingresso de estudantes internacionais.

 

Fonte: G1
Publicada em 19 de novembro de 2019 às 08:30

 

Leia Também

Procurador-Geral de Justiça reafirma parceria com o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia na abertura do Ano Judiciário

O Poder Judiciário rondoniense dará o ritmo necessário no cumprimento do seu papel constitucional.

Cidade de Ariquemes não terá carnaval pelo sétimo ano seguido

Desde 2014 o carnaval não é realizado em Ariquemes. Prefeitura alega corte de gastos e baixo orçamento para o evento carnavalesco.

Programa de arborização atende áreas com espaços esportivos Em Ji-Paraná

Somente neste mês de janeiro mais de mil mudas foram plantadas

Senac: Alunos concluem curso “Startupper: Criador de Novos Negócios”

O curso foi aplicado pelo professor Antônio Thurler Junior, analista de sistemas com mais de 25 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas e aplicativos.

Envie seu Comentário