Distritos do baixo Madeira atingidos pela cheia não têm acesso à água potável desde 2014

Distritos do baixo Madeira atingidos pela cheia não têm acesso à água potável desde 2014

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP/RO) recomendaram que a Companhia de Águas e Esgotos do Estado de Rondônia (Caerd) adote todas as providências para fornecer água potável aos moradores de seis distritos de Porto Velho. 

A orientação tem caráter de urgência, pois desde 2014 as comunidades de Conceição do Galera, Papagaios, Cavalcante, Curicacas, Nazaré e Terra Caída permanecem tendo acesso apenas à água bruta, retirada do Rio Madeira. Isso passou a ocorrer depois que essas comunidades foram afetadas pela cheia histórica do Rio Madeira, ocorrida em 2014.

Na recomendação, o procurador da República Raphael Bevilaqua e o promotor de Justiça Jesualdo Eurípedes Leiva de Faria orientam que seja apresentado ao MPF e ao MP/RO um cronograma com locais a serem beneficiados com o fornecimento de água encanada, datas de início e conclusão, providências em cada etapa dos projetos, bem como a divulgação na página eletrônica da Caerd.

O prazo para que a Caerd se manifeste se irá acatar ou não a recomendação é de dez dias. Cópia da recomendação foi remetida ao Ibama, ao Governo do Estado de Rondônia, à Prefeitura de Porto Velho, à Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia e à Câmara de Vereadores de Porto Velho.

Íntegra da recomendação

Fonte: MPF-RO
Publicada em 15 de julho de 2019 às 14:54

 

Leia Também

Detran destaca Dia Nacional do Ciclista e alerta para os cuidados no trânsito

Dia 19 de agosto comemora-se o Dia Nacional do Ciclista

Menos burocracia em Vilhena para abrir empresas: Prefeitura e Sebrae divulgam processo simplificado

Processos para liberação de alvarás de empresas com baixo risco pode ser simplificado

Bazar da Solidariedade recebe doação especial da CBF com itens originais da Seleção Brasileira de Futebol

A equipe coordenadora avaliará a possibilidade destes itens especiais da CBF integrarem o acevo do leilão presencial que será realizado no evento.

Candidatos a imóvel do Cristal da Calama têm novo prazo para assinar contrato sob pena de serem substituídos

A Seas alerta que o atendimento se dará a partir da próxima segunda-feira (19) até o dia 26 de agosto

Envie seu Comentário