Deslizamento de terra interdita Avenida Niemeyer no Rio de Janeiro

Deslizamento de terra interdita Avenida Niemeyer no Rio de Janeiro

A Avenida Niemeyer, no Rio de Janeiro, foi interditada na manhã desta quinta-feira (16/05/2019) após um deslizamento de terra. Informações preliminares apontam que a lama invadiu uma residência enquanto escorria para a pista, mas não há notícias de pessoas feridas ou desaparecidas. A ciclovia Tim Maia também foi fechada.

Equipes da prefeitura foram enviadas ao local do deslizamento para cercar a área e evitar que carros, ciclistas e pedestres passem por lá. O Centro de Operações do Rio de Janeiro informou em conta oficial no Twitter que a cidade pode voltar a enfrentar chuva moderada nesta quinta-feira.

O deslizamento de terra aconteceu próximo à comunidade do Vidigal e da Rocinha, região que tem sofrido com os estragos provocados pelas fortes chuvas na cidade nos últimos meses.

Em 6 de fevereiro, um trecho da Ciclovia Tim Maia desabou após deslizamento de terra, em decorrência das fortes chuvas que caíram na cidade. A parte danificada fica na Avenida Niemeyer, que precisou ser interditada nos dois sentidos na ocasião.

Ver imagem no TwitterVer imagem no Twitter

Centro de Operações Rio✔@OperacoesRio

AV. NIEMEYER SEGUE INTERDITADA, devido a um deslizamento de terra. Opte pela Lagoa-Barra ou Alto.

 Alerta do Twitter de Centro de Operações Rio

193

06:25 - 16 de mai de 2019

57 pessoas estão falando sobre isso

 

Fonte: METRÓPOLES
Publicada em 16 de maio de 2019 às 10:02

 

Leia Também

Congresso promulga emenda que adia eleições municipais para novembro

Brasileiros vão às urnas em 15 e 29 de novembro deste ano

Hoje é o último dia para pedir benefício auxílio emergencial

Prazo para novos cadastros termina nesta quinta às 23h59

MP recomenda ao Prefeito de Porto Velho atualização de gastos com enfrentamento à pandemia no Portal da Transparência

Ao emitir a recomendação, o MP concedeu o prazo de cinco dias para que a Prefeitura informe as providências adotadas.

Rondônia registra 21.523 casos confirmados e 523 óbitos e 10.198 recuperados de COVID-19

Dos 21.523 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 13.241 são em Porto Velho

Envie seu Comentário