Assaltante que foi filmado roubando loja em Porto Velho é preso; comparsa segue foragido

Assaltante que foi filmado roubando loja em Porto Velho é preso; comparsa segue foragido

Após intensas diligências na zona Sul de Porto Velho, policiais militares do 9° Batalhão, prendeeram quarta-feira (24), Ronaldo, 22 anos. De acordo com as informações, ele é um dos assaltantes que teria feito o roubo em uma loja de material de construção. O assalto foi filmado por câmeras de monitoramento. O comparsa dele segue foragido.

Segundo informações, depois que ocorreu o crime, na Rua Pau Ferro, bairro Cohab, os militares começaram as diligências e receberam informações de que duas mulheres tinham sido vistas escondendo uma sacola com celulares em um terreno baldio na Rua dos Periquitos com Pinta Silgo, bairro Jardim Eldorado.
 
Os militares conseguiram abordar as suspeitas, mãe e filha de 45 e 21 anos respetivamente. Elas confessaram que estavam a mando de Ronaldo. O suspeito foi preso logo depois na companhia de outro rapaz, que não foi reconhecido como o autor do crime.
 
Os cinco celulares foram recuperados e Ronaldo preso por roubo. As mulheres e o rapaz também foram encaminhados à Central de Flagrantes por receptação de objetos roubados. O outro envolvido no assalto ao comércio não foi encontrado e nem a arma usada no crime, bem como os R$ 300,00 que também foram levados.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 25 de abril de 2019 às 11:11

 

Leia Também

PF e MP deflagram operação Reciclagem em 04 prefeituras de Rondônia

Durante o período das investigações provas foram angariadas e filmagens de recebimentos por parte de prefeitos e deputado foram registrados

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

Envie seu Comentário