Portal revela que Japonês e Maria José cortaram pela metade gasto com diárias em relação a 2017

Portal revela que Japonês e Maria José cortaram pela metade gasto com diárias em relação a 2017

O prefeito Eduardo Japonês fechou o primeiro semestre de sua gestão com balanço positivo na economia de diárias em relação à última gestão eleita, em 2017. Conforme consta no Portal da Transparência, o administrador e sua vice, Maria José, cortaram pela metade os gastos com diárias para si mesmos. Os dois juntos usaram apenas R$ 16,9 mil de julho a dezembro de 2018 contra R$ 34,3 mil do prefeito e vice do mesmo período de 2017. Veja tabelas em anexo.

 

PREFEITOS E VICES - Relatório expedido através do Portal revela que de julho a dezembro de 2017 o chefe do executivo gastou R$ 22,6 mil e o vice R$ 11,7, somando R$ 34,3 mil. No mesmo período de 2018 Japonês gastou apenas R$ 16,9 mil e Maria José não usou nenhuma. O valor representa redução de 50%.

 

Olhando pela ótica da média mensal das gestões, Japonês e Maria José usaram R$ 2,8 mil por mês até o momento em diárias, contra uma média de R$ 5,5 mil por mês do prefeito e vice da gestão de janeiro de 2017 a abril de 2018. Dessa forma, neste índice, a redução do chefe do executivo atual é de 49%.

 

PREFEITURA - A Prefeitura como um todo (incluindo prefeito e vice) nesta gestão também apresentou uma economia grande em diárias, reduzindo de R$ 201,3 mil (de julho a dezembro de 2017) para R$ 122,5 mil (de julho a dezembro de 2018). A diminuição é de 40%.

 

Considerando a média mensal de diárias gastas pela Prefeitura toda, a gestão Japonês usou 50% menos, investindo R$ 20,4 mil por mês em diárias contra os mais de R$ 30 mil por mês que foram gastos no período de janeiro de 2017 a abril de 2018. Veja tabelas em anexo.

 

A economia se revela também na quantidade de viagens. No período de janeiro de 2017 a abril de 2018, conforme o Portal da Transparência, foram realizadas 800 viagens bancadas por diárias, média de 50 por mês, o que resultou em gasto de quase meio milhão de reais para este fim. Por outro lado, a gestão Japonês fez apenas 170 viagens com diárias, média de somente 28 por mês, uma redução de 44%.

 

GESTÃO EFICIENTE - “Muitas viagens que fiz não usei diárias ou usei menos do que o número de dias que estive fora. Essa mesma política foi adotada por nossos secretários e servidores, o que nos possibilitou economizar muito. Gestão eficiente dos recursos públicos é nossa preocupação central. Administrar é fazer mais com menos. Este é nosso esforço diário e assim temos dados positivos para prestar contas”, explica o prefeito Eduardo Japonês.

 

Através de viagens obrigatórias e reuniões importantes em Brasília, Porto Velho e outras cidades, a atual administração garantiu a conquista e manutenção de dezenas de milhões de reais para a cidade. Assim, é imenso o retorno de cada encontro fora da cidade para assinatura de projetos ou recebimento de emendas para a Saúde, Educação, Obras e outros setores vitais do município.

 

Veja detalhamento abaixo com dados do Portal da Transparência, disponível no link:

http://portaltransparencia.vilhena.ro.gov.br/

 

-- VALORES GASTOS EM DIÁRIAS --

 

GESTÃO DE JANEIRO 2017 A ABRIL 2018

Gasto Total

2017- R$ 337,1 mil

2018 - R$ 146,1 mil

Total - R$ 483,2 mil

Média mensal - 30,2 mil

 

Número de viagens Prefeitura geral

2017 - 610

2018 - 190

Total - 800

Média mensal - 50

 

Chefe do Executivo e Vice

Prefeito Municipal

2017 - R$ 38,4 mil

2018 - R$ 18,7 mil

Total - R$ 57,1 mil

Média mensal - R$ 3,5 mil

 

Vice-prefeito

2017 - R$ 21,7 mil

2018 - R$ 9,6 mil

Total - R$ 31,3 mil

Média mensal - R$ 1,9 mil

 

Total prefeito e vice - R$ 88,4 mil

Média mensal - R$ 5,5 mil

 

GESTÃO DE JULHO A DEZEMBRO DE 2018

Gasto Total

R$ 122,5 mil

 

Número de viagens Prefeitura geral

170

Média mensal - 28

 

Prefeito Municipal

R$ 16,9 mil

Média mensal - R$ 2,8 mil

 

Vice-prefeito

R$ 0

Fonte: Prefeitura de Vilhena
Publicada em 11 de janeiro de 2019 às 14:57

 

Leia Também

 Em nota, Ampparon diz que apoia congelamento de autorização a motoristas de aplicativo

Alega a AMPPARON, que devido o serviço ainda ser algo novo no Brasil e em Rondônia, a referida lei 717/2018, já não expressa á realidade do transporte em nosso município

Definida lista tríplice para o cargo de Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Rondônia

A lista tríplice será enviada ao governador do Estado para a escolha do novo Procurador Geral

Encerrado o período do defeso e pesca é liberada em Rondônia

Vale ressaltar que apesar da liberação, o pirarucu ainda não foi liberado, só a partir do dia 15 de abril.

Casal morre e quatro pessoas ficam feridas após acidente entre carro e moto

O grave acidente aconteceu na RO-133, a cerca de 20 quilômetros de Machadinho D’Oeste

Envie seu Comentário