Não foi por falta de aviso e agora quem vai pagar a conta?- Por Rubson Luiz

Não foi por falta de aviso e agora quem vai pagar a conta?- Por Rubson Luiz

O anúncio feito pelo Grupo Energisa, que comprou a Eletrobrás Rondônia por um preço irrisório, de que a conta de energia em Rondônia será reajustada em 25% causou espanto apenas para aqueles de memória curta. Em abril desse ano, um parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) já alertava o Governo Federal sobre essa real possibilidade.

O parecer questionou o modelo adotado para leiloar as seis distribuidoras da Eletrobrás (inclusive a de Rondônia) pois a União entregaria um patrimônio de mão beijada seis empresas a um preço de R$ 5,4 bilhões. O prejuízo pela “venda casada” das empresas causou um prejuízo superior a R$ 10 bilhões. Deu no que deu e agora vem aí mais um “superaumento”.

O TCU justificou que parte dos passivos remanescentes das distribuidoras da Eletrobras será apropriada à parcela A da tarifa de energia, que corresponde aos custos não gerenciáveis, provocando aumento da conta de luz. Ou seja, toda a dívida que as estatais têm serão repassadas aos consumidores através da tarifa de energia.

E agora quem vai pagar essa conta?

Fonte: Rubson Luiz
Publicada em 12 de dezembro de 2018 às 15:31

 

Leia Também

Através do Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública projeto visa combater crimes organizados na região Norte

Governador Marcos Rocha destacou a importância do Centro Norte para a segurança Pública

Pagamento dos servidores públicos do estado de Rondônia será no dia 20

O aquecimento com o pagamento da folha é de aproximadamente R$ 277 milhões

Sepog divulga PIB dos municípios rondoniense em 2017

Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena, Ariquemes, Cacoal, Jaru, Rolim de Moura, Pimenta Bueno, Guajará-Mirim e Ouro Preto do Oeste aparecem como as principais economias dentre os municípios

´´Brasil está no caminho de um futuro tóxico´´diz relator da ONU

Depois de tentar por cinco anos visitar o Brasil, enviado apontou problemas de transparência, legislação e punição para crimes ambientais

Envie seu Comentário