Homem é preso vendendo drogas em residencial da capital

Homem é preso vendendo drogas em residencial da capital

Ernani da Silva Abreu, 35 anos, foi preso na noite desta segunda-feira (08), pelo crime de tráfico de drogas, ao ser flagrado vendendo cocaína e maconha no residencial Morar Melhor, no bairro Aero Clube, zona sul de Porto Velho.

De acordo com informações dos Policiais, eles receberam uma denúncia anônima que um indivíduo estava fazendo o comércio de substância entorpecente no local e resolveram averiguar a denúncia e se deslocaram para o local e assim que o suspeito viu a viatura tentou correr e foi abordado.

Durante buscas pessoal foi encontrado vários envolucros de substância entorpecente tipo maconha e cocaína além de uma quantia em dinheiro trocado caracterizando o tráfico de drogas. Ernani recebeu voz de prisão pelo crime que estava cometendo e foi levado para central de flagrantes.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 09 de outubro de 2018 às 09:28

 

Leia Também

Após roubo de moto dupla é detida com arma artesanal na zona Sul da Capital 

No momento que o suspeito estava saindo com a moto alguém que passava e estava armado, efetuou vários tiros contra os suspeitos, sendo que o que estava armado jogou a arma e saiu correndo

Suspeito é preso com moto roubada durante uma abordagem de rotina

Os policiais do Patamo do Batalhão de choque, estavam fazendo patrulhamento de rotina quando em dado momento avistaram o suspeito passando na moto e resolveram fazer a abordagem

Jovem monitorada por tornozeleira eletrônica é executada no Cristal da Calama

A vítima foi identificada como Paula Vitória Barros Rolim de Oliveira, que tinha 22 anos de idade, ela foi executada com vários tiros na noite deste sábado (15), dentro de uma casa localizada na Rua Zurita, no residencial Cristal da Calama, bairro Planalto, zona leste de Porto Velho.

Além do deputado estadual eleito Jair Montes e Fernando da Gata, empresários Thales Veículos e Júnior da Super Graff e outros também foram condenados

Thales pegou mais de 11 anos de prisão no regime fechado pela prática de dez estelionatos, e Izaías (por treze estelionatos), mais de 15 anos. Izaías (dono da Angular e da SUper Graff), segundo a Vara de Tóxicos, já foi processado e condenado pelo crime de tortura. 

Envie seu Comentário