Professora causa polêmica ao passar redação sobre movimento #EleNão

Professora causa polêmica ao passar redação sobre movimento #EleNão

O caso de uma professora que passou um tema de redação com o tema #EleNão em uma escola municipal em Campo Grande (MS) tem gerado polêmica nas redes sociais.

"Está marcado para o dia 29 de setembro um encontro nacional intitulado Mulheres Unidas contra Bolsonaro. Diante do atual cenário político nacional, com base nos conhecimentos construídos durante toda a sua vida, escreva um texto dissertativo-argumentativo acerca da relevância de tal evento", diz texto do tema de redação, conforme mostra uma foto postada nas redes sociais.

De acordo com o jornal 'O Globo', enquanto defensores da ideia 'Escola Sem Partido' criticam a proposta, a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED-MS) acredita que a professora não tomou um partido político.

Notícias ao Minuto

Manifestantes pró-Bolsonaro atacaram a professora em suas redes sociais. "Isso não é professora! Doutrinando crianças??? Criminosa!! Deve ser demitida! O ensino está um lixo por conta deste 'tipo de professor'!", escreveu um internauta.

Mesmo após as críticas na internet, o Ministério Público do Mato Grosso do Sul disse que não recebeu qualquer denúncia sobre o ocorrido.

Fonte: Mundo ao Minuto
Publicada em 05 de outubro de 2018 às 09:52

 

Leia Também

Monitorado da justiça e membro do PCC suspeito de vários homicídios é preso com pistola

Após receber a denúncia os policiais militares do "Patamo" do Batalhão de choque, se deslocaram para o local e com êxito conseguiram localizar e prender o suspeito

Jovem curti foto de mulher casada no Facebook e acaba levando tiro do suposto marido

A vítima foi socorrida por terceiros para a UPA leste, em seguida foi transferido pelo Samu para o João Paulo II.

Ibope em Rondônia, votos válidos: Coronel Marcos Rocha 63%, Expedito Junior, 37%

Nos votos totais, Coronel Marcos Rocha tem 57% e Expedito Junior, 33%. Pesquisa é a primeira do Ibope no 2º turno das eleições em RO.

Expedito Junior firma compromisso  para rever PCCS de todas categorias

Além do PCCS, serão nomeados secretários das próprias pastas e metade dos cargos comissionados ocupado por servidores concursados

Envie seu Comentário