Vilarejo na Índia muda de nome para ‘Trump Village’ | Mundo

7


Mudança de nome não é oficial, e não deve aparecer nos mapas. Expectativa da população é atrair investimentos para construção de instalações sanitárias no local.

Placa onde se lê ‘Bem vindo a Trump Village’ é instalada em cidade indiana (Foto: MONEY SHARMA / AFP)

Um vilarejo pobre e rural da Índia, Marora, no estado de Haryana, norte do país, decidiu nesta sexta-feira (23) mudar de nome e adotar a identificação de “Trump Village”, em homenagem ao presidente dos Estados Unidos.

Um cartaz gigantesco com a frase “Bem-Vindo ao Vilarejo Trump”, com direito a uma foto sorridente do bilionário americano, foi colocado na entrada da localidade, que tem 60 residências de argila.

A cerimônia de mudança de nome – que aconteceu poucos dias antes da visita aos Estados Unidos do primeiro-ministro indiano Narendra Modi – foi presidida pelos líderes da comunidade e por uma ONG local.

O nome “Trump”, no entanto, não é oficial ainda, pois o governo local não se pronunciou a respeito da mudança, e por isso não deve aparecer nos mapas.

Mas Aziz Ahmed, morador do vilarejo, não tem dúvidas de que o novo nome será adotado.

“As pessoas vão chamar de Trump. Todos no vilarejo estão muito felizes”, disse à France Presse. No entanto, segundo a Associated Press, a maioria dos 400 habitantes do local disseram não ter ideia de quem é Donald Trump.

A ideia do novo nome veio do fundador da ONG Sulabh, que ajuda os moradores do vilarejo a instalar banheiros na localidade. A expectativa é de que a mudança de nome possa atrair investimentos e melhorar as condições sanitárias do local.

Até agora, nenhum dos banheiros instalados na cidade veio dos Estados Unidos.

Bindeshwar Pathak disse que teve a ideia durante uma recente visita aos Estados Unidos.

“Trump é o presidente da principal nação no mundo, foi por isso que pensei nessa escolha”, afirmou à Associated Press.

A Índia, que durante muito tempo foi aliada da ex-União Soviética e depois da Rússia, se aproximou progressivamente dos Estados Unidos desde o início do século.

Créditos G1

Deixe seu Comentário