Vigilante é preso portando pistola de aluno à sargento da PM

Vigilante é preso portando pistola de aluno à sargento da PM

O vigilante desempregado Felipe Monteiro Almeida, 23 anos, foi preso na tarde de Domingo (14), pelo crime de porte ilegal de arma de fogo durante ele levantar suspeita em tirar fotos dos policiais que estavam fazendo abordagens de rotina em uma praça do bairro Costa e Silva, região Norte de Porto Velho e ter saído em uma motocicleta em alta velocidade do local.

Os policiais resolveram fazer a averiguação fazendo o acompanhamento do suspeito sendo dada ordem de parada e sendo abordado na Avenida Imigrantes e logo ele falou que estava armado. Durante a revista pessoal foi localizada uma pistola e sua cintura municiada com oito munições e foi questionado sobre a procedência da arma e o por que de está tirando fotos dos policiais, o mesmo disse que a arma pertence a uma policial militar que teria deixado em sua residência por que havia passado por um procedimento cirúrgico e ele não sabia que o suspeito estava usando fazendo bicos para tirar seu sustento.

Os policiais fizeram contato com o supervisor de área da PM e o mesmo constatou que se tratava de um aluno à sargento da Polícia Militar do Estado. Diante dos fatos Felipe recebeu voz de prisão e foi conduzido para central de flagrantes onde deve responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e as autoridades competentes devem apurar os fatos da arma do policial está em poder do suspeito.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 15 de outubro de 2018 às 09:10

 

Leia Também

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

PF cumpre mandados de busca apreensão em Porto Velho, São Miguel do Guaporé e Guajará-Mirim no combate ao Covid-19

A ação decorre de mais um trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público Federal, que resultou no cumprimento de 10 (dez) mandados de busca e apreensão

Envie seu Comentário