Semusa encerra Semana de Combate à Sífilis com capacitação de profissionais

Semusa encerra Semana de Combate à Sífilis com capacitação de profissionais

Cerca de 300 profissionais de saúde do Município e do Estado, entre médicos, enfermeiros e farmacêuticos, participaram na segunda,22, e terça,23, do “Seminário Integrado na Prevenção e Controle da Sífilis Congênita em Rondônia”, promovido pela Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho (Semusa).

O objetivo da formação dos profissionais, segundo a titular da pasta da Saúde, é reduzir os casos desse tipo de sífilis (transmissão de mãe para o filho), aumentar o diagnóstico precoce e o tratamento através do pré-natal, com no mínimo sete consultas.

“Os testes rápidos são disponibilizados nas unidades básicas de saúde e a indicação para as gestantes é que seja realizado na primeira consulta do pré-natal. É necessário também tratar o parceiro”, explicou Régia Pacheco, diretora da Vigilância em Saúde.

Durante os dois dias de encontro, os profissionais de saúde tiveram a oportunidade de conhecer o panorama epidemiológico da sífilis no Brasil, em especial em Rondônia, sob a ótica do manejo clínico da sífilis adquirida e congênita, por meio da linha de cuidado e da investigação epidemiológica.

Foram abordados os temas: Integração da Atenção Básica com a Vigilância em Saúde; Estratégia paraImplantação para Testagem Rápida para Sífilis, HIV e Hepatites Virais, “Execução e Emissão de Laudos deTestes Rápidos”, “Projeto Resposta Rápida a Sífilis”, “Rede Cegonha” e o “Pré-natal do Parceiro comoEstratégia de Prevenção e Controle” e relatos de experiências.

Para a gestora em Saúde Coletiva, enfermeira Liney Maria Araújo, do SAE de Cuiabá, que participou do evento como palestrante, a importância do atendimento humanizado foi um dos destaque. “É uma relação de confiança entre o paciente e o profissional que o atende, é importante olhar o indivíduo além da doença”, disse.

 

Fonte: Comdecom
Publicada em 24 de outubro de 2018 às 16:31

 

Leia Também

UBS Albert Sabin realizará programação especial ao combate à hanseníase em Rolim de Moura

A doença tem cura e não deixa sequelas quando detectada, diagnosticada e tratada rapidamente após os primeiros sintomas

Defesa Civil evita ocupações de risco com demolição de casas abandonadas

São casas que já foram desocupadas por famílias beneficiadas pelo Programa Habitacional, após a cheia do Rio Madeira no ano de 2014/ 2015

TCE valida concurso público da Prefeitura de Vilhena e emite documento atestando legalidade do certame

Tribunal de Contas analisou o edital do concurso e garantiu que “não houve irregularidades” que o maculem

Banda Vai Quem Quer comemora aniversário neste sábado, na Praça das Três Caixas D’água

Os quatro próximos sábados serão de eventos do bloco, entre as 12h as 22h

Envie seu Comentário