Procuradoria de NY abre inquérito contra Organização Trump

Procuradoria de NY abre inquérito contra Organização Trump

A procuradoria-geral de Nova York abriu uma investigação para analisar a ligação entre o Deutsche Bank, o Investors Bank e financiamentos de quatro projetos da Organização Trump, incluindo o esforço fracassado do presidente Donald Trump para comprar o time de futebol americano Buffalo Bills em 2014, informou o jornal New York Times nesta terça-feira (12).

O novo inquérito é conduzido pela procuradora Letitia James e foi motivado pelo depoimento do ex-advogado do republicano, Michael Cohen, ao Congresso no mês passado.

De acordo com a publicação, Cohen testemunhou que Trump inflou o valor declarado de seus ativos nas demonstrações financeiras, inclusive o ex-advogado enviou cópias de declarações que teriam sido fornecidas ao Deutsche.

O pedido ao Deutsche Bank visava solicitações de empréstimos, hipotecas, linhas de crédito e outras operações de financiamento relacionadas com o Trump International Hotel em Washington; o Trump National Doral Miami; e o Trump International Hotel and Tower em Chicago, afirmou o jornal, citando uma fonte não identificada.

Na ocasião, Trump teria dado ao banco demonstrativos financeiros pessoais em 2014, quando planejava comprar a equipe de futebol, vendida posteriormente a um concorrente por US$1,4 bilhão.

O Deutsche Bank emprestou às Organizações Trump centenas de milhões de dólares para empreendimentos imobiliários e é um dos poucos grandes financiadores que deu exorbitantes quantias de crédito a Trump após uma série de falências em seus hotéis e cassinos durante os anos 1990.

Ainda segundo o New York Times, o Investors Bank, sediado em Nova Jersey, por sua vez, foi intimado por registros relacionados à Trump Park Avenue. Até o momento, ninguém comentou a denúncia.

Impeachment

Ontem (11), a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, afirmou não ser favorável a um processo de impeachment contra Trump porque dividiria o país. Segundo a democrata, nenhum esforço deve ser feito para abrir o processo a não ser que os motivos sejam irrefutáveis e bipartidários.

Durante entrevista ao jornal Washington Post, embora Pelosi tenha dito que o impeachment não valeria a pena, ela ressaltou que o republicano não é apto para exercer o cargo de presidente da maior potência mundial. (ANSA)

Fonte: Noticia ao minuto
Publicada em 12 de março de 2019 às 16:50

 

Leia Também

Presidente da ALE recebe nova cúpula do Ministério Público de Rondônia

Laerte Gomes foi convidado para participar da solenidade de posse dos dois novos integrantes da cúpula do MP

Confúcio Moura critica preços das passagens aéreas para a região Norte

O parlamentar classificou o potencial turístico da região Norte como farto e rico em todos os sentidos.

Justiça manda soltar Michel Temer, Moreira Franco, Coronel Lima e mais cinco

Decisão vai soltar oito presos na Operação Descontaminação, da Força-Tarefa da Lava Jato, realizada na quinta-feira.

Senador Marcos Rogério diz que CPI da Lava Toga cria risco institucional

Na avaliação do senador, é preciso ter cuidado com as relações institucionais

Envie seu Comentário