Previsão de retorno da obra no trevo de Ariquemes é para junho

Previsão de retorno da obra no trevo de Ariquemes é para junho

Na última segunda-feira (18) o deputado estadual Adelino Follador (DEM) voltou a criticar a atuação do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Rondônia, cobrando também uma ação firme da bancada federal, para que o órgão dê atenção às rodovias federais no estado, citando como exemplo as condições “vergonhosas” em que se encontram a BR-364 e a BR-421, e também o trevo em Ariquemes, onde a obra foi paralisada e se encontra abandonado.

Adelino também disse que em dezembro de 2019 esteve no local junto com o senador Marcos Rogério (DEM) e o vice-prefeito Lucas Follador (DEM), de onde falaram por telefone com o ministro da Infra Estrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, momento em que conseguiram a abertura do trevo, que obrigava os motoristas a fazerem um longo desvio, e ouviu do ministro que seria necessário fazer um novo projeto e a obra só poderia ser retomada no período que diminuíssem as chuvas.

O parlamentar, que por diversas vezes teve que acionar o Dnit para manter a travessia possível, por conta dos buracos, e “assim como as pessoas que utilizam a via diariamente, acha que não pode demorar mais, pois já são mais de seis meses nestas condições”, disse.

Em contato com o senador Marcos Rogério, nesta terça-feira (19), obteve a informação de que o mesmo havia falado com o responsável pela empresa, tendo como resposta que o projeto já estava aprovado, e a empresa mobilizada, com recursos suficientes para a obra, só aguardando o período de estiagem para reiniciar os serviços, previsto para o mês de junho próximo, pois é preciso que o volume de água do lençol freático baixe para que seja possível o trabalho de drenagem, conforme o projeto.

O senador Marcos Rogério disse também que manteve contato com o Dnit, nesta terça-feira (19), pedindo que fosse retomada a obra o quanto antes, pois “se parou de chover não faz sentido ficar adiando mais o reinício dos trabalhos no local”, porém a informação é que é preciso aguardar até que baixe o nível do lençol freático, por isso a previsão foi mantida para o próximo mês, disse o senador.

Fonte: Decom-ALE/RO
Publicada em 21 de maio de 2020 às 10:31

 

Leia Também

Deputado Lebrão acompanhando a reforma e ampliação da Ciretran em São Miguel do Guaporé

Estão sendo investidos R$ 600 mil nas obras, atendendo a uma indicação do parlamentar

Laerte Gomes anuncia a liberação de R$ 1,360 milhão para apoiar Presidente Médici

Presidente da Assembleia Legislativa garantiu os investimentos, beneficiando diversos setores do município

Nota de Pesar - Câmara de Porto Velho lamenta morte do superintendente do Banco da Amazônia em Rondônia

O presidente da Casa de Leis municipal, Edwilson Negreiros, do PSB, prestou condolências à família de Wilson Evaristo

Criação da unidade Covid-19 e treinamento de profissionais de saúde são as primeiras medidas do governo em Guajará-Mirim

De acordo com o enfermeiro e técnico da Sesau, Jarbas Bandeiras, os agentes voltam devidamente paramentados com Equipamentos de Proteção Individual (EPI) encaminhados pela Sesau a todos os municípios.

Envie seu Comentário