Presidente Laerte Gomes recebe representantes da Polícia Civil de Rondônia

Presidente Laerte Gomes recebe representantes da Polícia Civil de Rondônia

Nesta quarta-feira (29), o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), acompanhado do deputado Geraldo da Rondônia (PSC), recebeu o delegado geral da Polícia Civil de Rondônia, Samir Fouad Abboud, o presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia (Sindepro), Renato Eduardo de Souza e o presidente do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Rondônia (Sinpol), Rodrigo Marinho.

Eles entregaram ao parlamentar, ofício solicitando que as polícias de Rondônia tenham o mesmo tratamento dado às polícias da União, na reforma da Previdência.

Em resposta, o presidente Laerte Gomes informou que Assembleia ainda irá nominar o relator da Reforma da Previdência.

“Porém, desde já, nos colocamos à disposição para ouvir, tanto o Sindepro como o Sinpol para tentar adequar e evitar que os servidores da categoria sejam prejudicados. Até porque a Assembleia já vem defendendo pautas relacionadas à Segurança Pública”, concluiu o presidente.

Fonte: DECOM
Publicada em 29 de julho de 2020 às 14:57

 

Leia Também

ELEIÇÕES 2020: Pesquisa sem Hildon e Léo deixa corrida disputada para prefeitura da capital

Vale lembrar que na eleição passada, Léo Mores e Hildon Chaves travaram um duelo no segundo turno para prefeito

Presidente Laerte Gomes acompanha as obras da cerca do Aeroporto José Coleto, em Ji-Paraná

Parlamentar lembra que a obra é fundamental para a retomada dos voos em Ji-Paraná

Combate a desigualdade e resgate do orgulho de Porto Velho são pautas do pré-candidato à prefeito Samuel Costa

Uma das mais ressoantes vozes da esquerda rondoniense na atualidade, o professor Samuel Costa, é pré-candidato a prefeito de Porto Velho (RO) pelo Partido Comunista do Brasil – PC do B.

Vítima de ataques políticos, prefeito de Machadinho explica projeto de alteração do Imprev

Se o município não se adequar a prefeitura ficará sem certidão e não receberá recursos

Envie seu Comentário