Ponte sobre o rio Riozinho na BR-364, em Cacoal, segue parcialmente interditada e preocupa

Ponte sobre o rio Riozinho na BR-364, em Cacoal, segue parcialmente interditada e preocupa

A ponte sobre o rio Riozinho, entre os municípios de Cacoal e Pimenta Bueno, segue  parcialmente interditada, sendo liberado o tráfego em apenas uma das pistas. 

O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Rondônia (FACER), Francisco Hidalgo Farina, destacou a preocupação com uma possível nova interdição da ponte sobre o rio Riozinho na BR-364 e os transtornos que tal medida provocaria aos usuários da rodovia e à economia de Rondônia. 

“A BR-364 ainda é o principal modal logístico de Rondônia e o bloqueio total da rodovia poderia impactar no preço dos fretes e consequentemente em todos os demais produtos e serviços”, destaca.

No mês passado, a presidente da Associação Comercial e Industrial de Espigão do Oeste (ACIEO), Janete Stocco cobrou a recuperação da ponte, temendo uma nova interdição total e os consequentes prejuízos que essa medida poderia acarretar.

Através do ofício 60396/2019, o superintendente do DNIT/RO Claudio André Neves destacou que no dia 03 de julho o órgão realizou o pregão 0167/19-22 para “Execução dos Serviços de Manutenção e Recuperação, Plano de Trabalho e Orçamento, na BR-364/RO, Ponte sobre o rio Riozinho. As propostas das empresas licitantes estão em análise, com previsão de assinatura de contrato e Ordem de Serviço nas próxima semanas", diz trecho do documento recebido pela FACER.

Fonte: VIA RONDÔNIA
Publicada em 11 de julho de 2019 às 11:58

 

Leia Também

Prédio da Rondobras destruído por incêndio começa ser demolido em Porto Velho

A demolição desta terça foi apenas dos andares superiores. A previsão é de que o térreo também seja derrubado e o entulho retirado nos próximos dias

Divulgado gabarito da 2ª fase e 3º dia de provas do concurso da Prefeitura de Porto Velho; confira

Provas foram realizadas no dia 21 de julho em Porto Velho. Em todo o processo seletivo quase 75 mil inscritos disputam por mais de 800 vagas.

PF deflagra operação para prender hackers que invadiram celular de Moro

De acordo com a PF, os mandados foram executados nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto

Curso de capacitação em Porto Velho orienta terceiro setor à execução de projetos

A abertura oficial está prevista para as 8h da quinta-feira. Os interessados poderão fazer a inscrição no site.

Envie seu Comentário