Mulher é presa por fazer mais de 200 abortos clandestinos em hotéis

Mulher é presa por fazer mais de 200 abortos clandestinos em hotéis

BELO HORIZONTE MG - Uma estudante de 37 anos foi presa por fazer mais de 200 abortos clandestinos. Os procedimentos eram feitos em hotéis de Belo Horizonte (MG). Luciane Fernandes cobrava até R$ 8 mil das mulheres e usava remédios veterinários.

Os abortos eram realizados sempre entre as 9h e 17h, segundo reportagem exibida no programa Fantástico, da Rede Globo de Televisão nesse domingo (06). Os crimes foram praticados dentro de 24 hotéis em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital.

A mulher foi presa em flagrante dentro de um dos hotéis. Na ocasião, ela estava prestes a realizar o aborto em duas mulheres, de acordo com a Polícia Civil. Os donos e funcionários dos estabelecimentos negam ciência do crime.

A prática é considerada ilegal e perigosa. “Há restrição dessa medicação até mesmo no meio animal, dada as consequências, os efeitos colaterais que provoca”, afirmou o delegado Emerson Moraes em entrevista à reportagem.

A mulher, contudo, ficou presa apenas por 21 dias. Luciane conseguiu liberdade na justiça ao alegar que precisaria cuidar do filho, de 6 anos. Ela deve responder pelo crime de aborto provocado com o consentimento de gestantes e manipulação de medicamentos sem certificado da Anvisa.

Fonte: Metrópoles
Publicada em 07 de outubro de 2019 às 11:23

 

Leia Também

PRF prende motorista embrigada após tentar fuga durante fiscalização

Durante a tentativa de fuga, o homem dirigiu de forma perigosa e chegou a bater o carro, que pertencia a um amigo

Mulher permitia que filha de 11 anos fosse estuprada pelo padrasto

A mãe da criança é deficiente visual, mas era conivente com os abusos, segundo a polícia. O padrasto das crianças chegava em casa bêbado

PRF prende foragido por estupro de vulnerável em Ariquemes

O indivíduo, que era procurado pelo Poder Judiciário de Buritis (RO) por abusar de uma jovem de 13 anos, trafegava na BR-364 em uma motocicleta

PRF prende 4 goianos por uso de documento falso e associação criminosa em Vilhena

Dentro do carro ocupado pelos homens, os policiais encontraram diversas provas de que o grupo cometia vários golpes na capital rondoniense

Envie seu Comentário