Mulher é agredida pelo companheiro por causa de ´compras desnecessárias´

Mulher é agredida pelo companheiro por causa de ´compras desnecessárias´

Uma mulher de 36 anos foi agredida pelo marido com socos, na noite de domingo (17), em uma residência do Bairro São Francisco, em Porto Velho. Segundo a Polícia Militar (PM), o suspeito de 21 anos atacou a vítima depois de considerar que ela fez 'compras desnecessárias' para casa.

Aos policiais, a esposa do jovem contou que após chegar em casa com as compras, o marido começou a reclamar e a xingá-la. Na sequência o rapaz deu vários socos na esposa.

Para se defender do ataque, a mulher pegou um lixador de unha e perfurou o braço do marido. A vítima então correu para dentro de um quarto e trancou a porta.

A PM foi chamada ao imóvel do casal e os policiais encontraram o suspeito do lado de fora, com uma lesão no braço. Já a vítima continuava trancada no quarto com várias lesões no corpo.

De acordo com boletim de ocorrência, como havia lesões no corpo do marido e esposa, os dois receberam voz de prisão por lesão corporal e foram levados à Central de Polícia de Porto Velho.

Fonte: G1 RO
Publicada em 18 de novembro de 2019 às 10:38

 

Leia Também

JARU/RO: PRF recupera Toyota Hilux roubada na Bahia

O excessivo nervosismo dos ocupantes (casal adulto), demandou abordagem detalhada do automóvel.

Jovem que vendia droga pelo whatsapp é preso com vários tabletes de maconha em Porto Velho

Os policiais faziam patrulhamento ostensivo pela região quando receberam uma denúncia anônima dando conta que havia um elemento com uma sacola do boticário fazendo o comércio de substância entorpecente.

Força tática prende dupla armada após roubo em residência na zona Leste da Capital

Na Central de Polícia, os suspeitos foram reconhecidos e as vítimas informaram que os criminosos chegaram de posse da arma, uma faca e anunciaram o assalto.

Homem é preso com moto clonada após polícia receber denúncia

O proprietário da moto acionou a Polícia Militar informando que teria colocado sua moto para vender e o suspeito teria aparecido para comprar, mas que antes queria dar uma volta para testar e desapareceu

Envie seu Comentário