Moradores do bairro Flamboyant fecham ruas e ateiam fogo em pneus para pedir asfalto

Moradores do bairro Flamboyant fecham ruas e ateiam fogo em pneus para pedir asfalto

Durante a noite desta terça-feira (16), vários moradores do bairro Flamboyant fecharam a avenida Mamoré com Rua Salvação, colocando fogo em pneus e pedaços de madeira em forma de protesto para chamar a atenção das autoridades, uma vez que eles reclamam que com o bloqueio da Avendia Mamoré devido uma obra que já dura meses, a Rua Salvação virou rota principal de veículos que transitavam pela Avenida Mamoré, com isso estão sofrendo com a poeira e quando chove acumula muita água deixando a Rua intransitável.

Segundo ainda um morador que estava revoltado com a situação, falou que vários moradores já se unidade e foram até a Semob (Secretária Municipal de Obras), para que eles pudessem fazer alguma coisa, pois devido a intensa poeira, crianças estão adoecendo, as casas estão ficando sujas e a obra da Avenida Mamoré continua parada prejudicando até mesmo o comerciante que deixa de vender seus produtos devido o bloqueio da Mamoré.

"Estamos fazendo isso para que nossos governantes possam ver nosso lado, pois estamos sofrendo com essa obra inacabada da Mamoré, pois sempre passamos por lá e só vemos os funcionários parados sem fazer nada, será que eles estão esperando as chuvas para poder se criar um lago e ocorrer algum tipo de acidente..." Desabafou uma moradora idgnada com tamanho descaso pelo poder público.

Fonte: Via Rondônia
Publicada em 17 de outubro de 2018 às 08:44

 

Leia Também

Menina de 11 anos é mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir e vender drogas

A vítima relatou que a suspeita a obrigou a entrar em um veículo e a levou para Confresa, onde, mediante a ameaças, a mantinha em cárcere privado.

Homem é morto em via pública na zona Sul da Capital

Uma equipe do Samu ainda foi acionada, mas quando chegou ao local o homem já estava morto.

PF deflagra Operação Polígrafo para desarticular esquemas de fraudes na aquisição de testes rápidos da Covid-19 na Sesau

O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais). 

PF cumpre mandados de busca apreensão em Porto Velho, São Miguel do Guaporé e Guajará-Mirim no combate ao Covid-19

A ação decorre de mais um trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público Federal, que resultou no cumprimento de 10 (dez) mandados de busca e apreensão

Envie seu Comentário